Leia mais:
Leia mais:
Reserva ovariana após a vacinação contra Covid-19 com vacina mRNA; existe alguma queda?
Teste neuropsicológico confirmam déficits cognitivos pós-Covid-19
Polifarmácia em idosos: abordagem na prática clínica [podcast]
Prevenção de Violência na Primeira Infância [Podcast Papo de Enfermeiro #03, partes I e II ]
Dose de reforço: Ministério da Saúde anuncia aplicação em idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos 

Retrospectiva 2021: Medicina de família e comunidade

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A medicina de família e comunidade é uma das áreas mais importantes e abrangentes da medicina. Assim, reunimos os principais textos do ano para que você se atualize sobre esses temas imprescindíveis.  

medicina de família

Violência doméstica 

Logo no início de 2021, Juliana Olivieri nos trouxe um alerta no texto “Violência doméstica: uma pandemia dentro da pandemia”, chamando atenção para que os médicos em suas consultas busquem ativamente por sinais de violência (física, sexual, psicológica). Durante o período de isolamento social as notificações e denúncias diminuíram expressivamente, provavelmente por falta de acesso e dificuldade da população por buscar ajuda, e não pela queda no número de casos. 

Prevenção quaternária 

Renato Bergallo nos lembra da importância da Prevenção Quaternária. Ele comenta um artigo que sugere reformulação curricular de cursos de saúde ampliando o enfoque na P4; inclusão nas políticas de saúde pública; desenvolvimento de eventos científicos sobre o tema e maior engajamento da comunidade e pacientes na elaboração das políticas públicas de saúde. Isso tudo de maneira a atenuar a sobremedicalização e as intervenções médicas excessivas e potencialmente danosas. 

Medicações perigosas em idosos 

 Sobre os Medicamentos Z” em pessoas com demência, Thales Henrique orienta que doses altas de drogas Z devem ser evitadas em idosos com demência, devido ao aumento do risco de quedas, fraturas, e acidente vascular cerebral. O risco associado ao uso dos medicamentos Z é semelhante ao dos benzodiazepínicos, portanto, devem ter seu uso desestimulado. 

Combate às drogas e álcool 

No Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo (22 de fevereiro), Carol Meneses sistematiza a Intervenção Breve no contexto de abuso de drogas, importante ferramenta para abordagem da dependência. Os seis passos: 1. Avaliação do uso de substâncias e devolutiva (feedback); 2. Responsabilidades e metas (responsibility); 3. Aconselhamento (advice); 4. Estratégias para mudança de comportamento (menu); 5. Empatia (empathy) e 6. Autoeficácia (self-efficacy) estão resumidos nesta matéria. 

Tratamento de sintomas pós-Covid-19 

 A colunista Beatriz Zampar, nos mostra o papel do Médico de Família e Comunidade no Manejo de sintomas pós-Covid-19 na Atenção Primária à Saúde. Destaca os principais sintomas prolongados: Tosse seca, Dispneia, Fadiga, Palpitação, Taquicardia, Desconforto torácico, Tromboembolismo venoso, Anosmia, Disgeusia, Cefaleia, Tontura, Disfunção cognitiva, Diarreia, Síndrome pós terapia intensiva e coloca a Atenção Primária à Saúde como responsável pela coordenação do cuidados desses pacientes.

Rastreio de neoplasia colorretal 

Em maio de 2021, a US Preventive Services Task Force ampliou sua recomendação de rastreamento do câncer colorretal, além de 50 a 75 anos (recomendação A), para adultos de 45 a 49 anos (recomendação B). Beatriz Zampar detalha que a neoplasia colorretal está entre as três principais causas de morte por câncer, e pode ser rastreável de forma efetiva desde que se tenha um programa de rastreamento populacional organizado. Estender a triagem além dos 75 anos não foi associado a aumento na sobrevida, a nível populacional. Para que o rastreamento do câncer colorretal tenha impacto populacional, será necessária uma reorganização do sistema de saúde, a fim de reduzir as diferenças no acesso à medicina preventiva, especialmente para populações mais vulneráveis.

Novidades do Congresso de cardiologia da ESC 

As novidades do Congresso da European Society of Cardiology (ESC 2021) foram muitas, e, Isabela Abud falou sobre os pontos principais da nova diretriz de prevenção cardiovascular. Vale lembrar que esta diretriz trouxe mudanças na estratificação de risco, porém, os escores foram validados basicamente na população europeia, sem extrapolação para nossa população. Em relação ao tratamento, algumas recomendações novas, como a preferência pelos inibidores de SGLT2 e a possibilidade de uso de colchicina na prevenção secundária de doença cardiovascular. Ainda neste tema, Isabela traz uma análise sobre as implicações na saúde cardiovascular da suplementação da vitamina D e do cálcio. Nesse texto ela pontua que não há benefício na suplementação de vitamina D, e que pode haver malefício decorrente da suplementação de cálcio. Assim, é necessário pesar os riscos e benefícios da suplementação do último caso haja indicado, segundo uma revisão publicada no Journal of the American College of Cardiology.

Saúde LGBTQIA+ 

Fechando a retrospectiva, destacamos algumas matérias importantíssimas para a saúde da população LGBTQIA+ com Recomendações na abordagem da população LGBTQIA+ na Atenção Primária à Saúde. Devemos levar em consideração o combate aos estigmas, garantia de acesso à saúde e especificidades individuais, enxergando o indivíduo para além da doença. Também devemos lembrar das Recomendações para rastreamento de câncer de mama e ginecológico em pacientes transgêneros, em função da importância do cuidado em saúde incluindo rastreamentos, saúde mental e acompanhamento longitudinal multidisciplinar.

Conclusão 

Esses importantes temas estão disponíveis para leitura na íntegra no nosso portal. Esperamos que os avanços do ano de 2021 nos permitam evoluir como médicos no cuidado dos nossos pacientes no próximo ano.

Autora:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.