Home / Urologia / Toque retal em consultas da atenção primária é recomendado?

Toque retal em consultas da atenção primária é recomendado?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

O toque retal é um exame comum no rastreio de câncer de próstata. Uma revisão sistemática e meta-análise investigou a precisão diagnóstica desse exame no cenário da atenção primária. Os resultados foram publicados esse mês no periódico Annals of Family Medicine.

Para o estudo, pesquisadores analisaram as bases do MEDLINE, Embase, DARE, Cochrane e CINAHL desde o seu início até junho de 2016. A pesquisa resultou em 8.217 estudos, dos quais sete com 9.241 pacientes foram incluídos após o processo de triagem. Todos os pacientes analisados foram submetidos ao exame de toque retal e, baseado nos resultados, uma biópsia subsequente.

médico conversando com paciente

Toque retal na atenção primária

Quando o toque retal foi realizado no cenário da atenção primária, a sensibilidade diagnóstica foi de 0,51 (IC de 95%: 0,36 a 0,67; I² = 98,4%) e a especificidade foi de 0,59 (IC de 95%: 0,41 a 0,76; I² = 99,4%). O valor preditivo negativo foi de 0,41 (IC de 95%: 0,31 a 0,52; I² = 97,2%) e o positivo foi de 0,64 (IC de 95%: 0,58 a 0,70; I² = 95,0%).

Pelos achados os pesquisadores concluíram que, devido à falta de evidências que apoiam sua eficiência, o toque retal em consultas da atenção primária não deve ser recomendado. As consequências do uso indiscriminado do exame pode ser o aumenta de casos de overdiagnosis e overtreatment.

Screening do câncer de próstata: a luta continua

Referências:

  • Digital Rectal Examination for Prostate Cancer Screening in Primary Care: A Systematic Review and Meta-Analysis. Ann Fam Med March/April 2018 vol. 16 no. 2 149-154. doi: 10.1370/afm.2205

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar