Saúde Pública

Turma da Mônica faz homenagem às pioneiras da enfermagem

Tempo de leitura: 2 min.

Em homenagem ao Dia Internacional de Enfermagem, realizado no dia 12 de maio, a Maurício de Sousa Produções transformou as personagens Mônica e Magali em Ana Néri e Florence Nightingale, respectivamente, duas pioneiras da enfermagem.

As enfermeiras se juntaram a uma grande lista de mulheres que marcaram a história e integram o projeto Donas da Rua da História, da Turma da Mônica, como a epidemiologista Celina Turchi e a infectologista Ho Yeh Li.

O projeto conta com a parceria da ONU Mulheres, o braço das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres.

Florence Nightingale

Nascida há 200 anos, a britânica Florence Nightingale é conhecida como a fundadora da enfermagem moderna.
Sua abordagem para os cuidados de soldados feridos e treinamento de enfermeiras no século 19 salvou e melhorou a qualidade de vida de incontáveis pessoas. E as suas ideias sobre como se manter saudável se mantém atuais, como lavar as mãos, hábito fundamental para conter a pandemia do novo coronavírus.

Durante e depois da Guerra da Crimeia, ela utilizou a estatística para provar a eficácia de diferentes intervenções, produzindo diagramas que demonstravam a alta proporção de óbitos de soldados causada por doença, em vez de feridas de batalhas, e se tornou a primeira mulher aceita na Sociedade de Estatística de Londres em 1858.

Leia também: Enfermagem: profissão do passado, presente e futuro

Florence escreveu Notas sobre Enfermagem, que aborda os princípios e elementos essenciais da enfermagem moderna, como a administração de medicamentos, compromissos com horários, limpeza do ambiente, a exigência do silêncio na sala de reabilitação dos pacientes, etc.

Ana Néri

Ana Néri é considerada heroína brasileira, homenageada em todas as escolas de enfermagem do país por prestar serviços voluntários nos hospitais militares de Assunção, Corrientes e Humaitá, durante a Guerra do Paraguai (1864 -1870).

Apesar da falta de condições e materiais, pouca higiene e excesso de pacientes, Ana Néri é reconhecida pela sua dedicação ao trabalho como enfermeira, por todos os hospitais onde atuou.

Com seus próprios recursos, montou uma enfermaria-modelo na cidade de Assunção, capital paraguaia, sitiada pelo exército brasileiro. Seus feitos renderam homenagens e a tornaram madrinha da enfermagem no Brasil. Em uma delas, em 1919, da Liga das Sociedades da Cruz Vermelha, em Paris, foi reconhecida como pioneira da enfermagem e precursora da Cruz Vermelha no país.

Veja mais: A Sistematização da Assistência de Enfermagem e a identidade profissional do enfermeiro

Homenagem

Para Mônica Sousa, diretora executiva da Maurício de Sousa Produções e criadora do projeto Donas da Rua, é preciso evidenciar sempre esses grandes nomes da saúde, principalmente neste momento de pandemia de Covid-19.

“São as mulheres que estão na linha de frente nos hospitais que motivarão as futuras profissionais da área de saúde”, ressalta a executiva.

No Brasil, elas respondem por 84,6% da equipe de enfermagem, segundo dados da Pesquisa Perfil da Enfermagem, realizada pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

De acordo com dados do último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), elas também são a principal força de trabalho da área de saúde, respondendo por 65% dos mais de seis milhões de profissionais que atuam no setor público e particular.

E você, enfermeiro ou técnico, pode ter as melhores condutas e abordagens na palma da sua mão: baixe o Nursebook, aplicativo de tomada de decisão que vai estar ao seu lado no dia a dia!

Referências bibliográficas:

Compartilhar
Publicado por
Úrsula Neves

Posts recentes

Suplementos Alimentares no Idoso: pontos de atenção

Os idosos são um grupo de atenção quando o assunto é suplementos alimentares. Saiba mais…

2 horas atrás

Morte encefálica: faz sentido um anestesista em uma cirurgia para doação de órgãos?

A anestesia é usada para amenizar a resposta fisiológica resultante da morte encefálica e otimizar…

3 horas atrás

Você conhece a sequência atrasada de IOT? [podcast]

Neste episódio, o intensivista Vinicius Zofoli conversa sobre a realização da sequência atrasada de intubação…

4 horas atrás

SUS: Sancionada lei que amplia prevenção de câncer em mulheres

Foi sancionada a lei que amplia a prevenção, a detecção e tratamento de diferentes tipos…

5 horas atrás

O escore MELD sódio deve ser ajustado por sexo?

Um estudo avaliou os parâmetros laboratoriais do escore MELD de forma a propor um ajuste…

6 horas atrás

Uso de LOLA no tratamento de encefalopatia hepática aguda grave

A encefalopatia hepática é uma disfunção do sistema nervoso central causada por insuficiência hepática e/ou…

7 horas atrás