Uso de probióticos pode prevenir diabetes gestacional? - PEBMED

Uso de probióticos pode prevenir diabetes gestacional?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

O diabetes mellitus gestacional é uma doença que vem crescendo em prevalência em todo o mundo. Muito tem se discutido sobre seu diagnóstico com regras variáveis para glicemias de corte para cima (aumentando os valores falso negativos) como para baixo (aumentando os falsos positivos), uso de sobrecargas com 50, 75 ou 100 gramas de dextrosol, valores dessas curvas com ligeiras variações entre os centros de estudo pelo mundo.

Além do diagnóstico, o tratamento tem passado por novas inclusões e ensaios clínicos com novas drogas. Antes proscritos, alguns antidiabéticos orais têm sido testados com bons controles glicêmicos e poucos efeitos colaterais ou malformações.

Leia também: Consumo de nozes e função renal entre mulheres com histórico de diabetes gestacional

Gestante se consulta com médico sobre o uso de probióticos para diabetes gestacional

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Estudos recentes

No artigo, Prevention of Gestational Diabetes Mellitus (GDM) and Probiotics: Mechanism of Action: A Review, publicado na Current Diabetes Reviews os autores fizeram uma grande revisão da literatura com artigos publicados entre 2000 a 2017 em bases de dados: PubMed, Science Direct, Cochran e Medlib indexadas.

Considerando a permeabilidade intestinal controlada pela presença de probióticos, modulando a microbiota intestinal, diminuindo o processo inflamatório local, essa interação poderia ser a responsável por controlar e até mesmo prevenir o aparecimento de diabetes em mulheres grávidas.

Mensagem final

Apesar de novos estudos serem necessários para comprovação dessas evidências, esses estudos clínicos e experimentais foram promissores em seus resultados na prevenção do diabetes gestacional com uso de probióticos modulando a microbiota intestinal.

Saiba mais: Recomendações para uso de probióticos em patologias gastrointestinais

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Homayouni A, et al. Prevention of Gestational Diabetes Mellitus (GDM) and Probiotics: Mechanism of Action: A Review. Current Diabetes Reviews. 2020;16(6). doi: 10.2174/1573399815666190712193828

 

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar