Vacina contra HIV: testes em humanos começarão no Brasil

Após pesquisas iniciais, uma vacina contra o HIV considerada promissora entrará em uma fase avançada, de teste em humanos. 

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A prevenção combinada é a estratégia atual de prevenção do HIV e inclui algumas ações como: prevenção da transmissão vertical, programas de redução de danos para usuários de álcool e outras substâncias, profilaxia pré-exposição (PrEP), profilaxia pós-exposição (PEP) e o tratamento de pessoas que já vivem com HIV.

Em breve, pode ser que a vacina contra o HIV se incorpore a esta lista. Após pesquisas iniciais, uma vacina contra o HIV considerada promissora entrará em uma fase avançada, de teste em humanos. 

O estudo, conhecido como Mosaico, será conduzido em aproximadamente 55 centros clínicos em oito países, inclusive no Brasil, contando com a participação de cerca de 3.800 indivíduos. O objetivo será avaliar se um regime de vacina experimental pode prevenir de forma segura a aquisição de HIV entre homens que fazem sexo com homens e transexuais. O estudo é conduzido pelo National Institutes of Health e parceiros, além de contar com o patrocínio Janssen Pharmaceutical Companies da Johnson & Johnson.

Saiba mais: Sobrevida de pessoas com HIV mais que dobrou nos últimos anos no Brasil

A vacina que será avaliada no Mosaico é administrada em quatro doses no período de um ano. A vacina mescla quatro vetores de adenovírus sorotipo 26, que libera um mosaico de antígenos de HIV (nas doses 1 e 4) e uma combinação de duas proteínas solúveis (nas doses 3 e 4).  Todos os participantes do estudo receberão um kit de prevenção do HIV, incluindo profilaxia pré-exposição (PrEP). 

Um outro estudo complementar, conhecido como IMBOKODO, a respeito de vacina contra o HIV, já está em andamento. Trata-se de um estudo clínico que avalia atualmente a eficácia da vacina em 2.600 mulheres de 18 a 35 anos em cinco países do sul da África. A expectativa é de que os testes do Mosaico iniciem até o fim deste ano. Os resultados iniciais do IMBOKODO e do Mosaico são esperados no final de 2021 e em 2023, respectivamente. 

Imagem do Ministério da Saúde
http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/previna-se

 

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades