Leia mais:
Leia mais:
Guia Prático: Construção da Carreira [Mês da Enfermagem]
Doação de leite humano é impactada negativamente pela Covid-19, segundo estudo
Quantos banhos por dia uma criança com dermatite atópica deve tomar?
Trabalho e assédio moral: você sabe identificar?
Bloco de Enfermagem do Trabalho chega ao Nursebook! [Blog do Nurse]

Vivências como enfermeira por Brenda Almeida [Jornadas de Enfermagem]

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Decidi pelo curso de Enfermagem durante o ensino médio, mas desde a infância a área de ciências da saúde já me despertava interesse, as primeiras leituras sobre o corpo humano nos livros de biologia, o cuidado com a vida do próximo, percebi o valor disso quando me sentia satisfeita ao me importar com o outro a ponto de desejar cuidar.

Acredito que uma das maiores dificuldades é escolher o caminho profissional que pretendemos para ingressar numa universidade, curso de formação. Sempre disse aos meus amigos e familiares que felizmente não tive dúvida na escolha da minha trajetória profissional, e penso que isso foi um ponto crucial para levar em consideração no momento de traçar meus objetivos e metas. Entretanto, sabemos que esse fato não é simples quando ainda somos jovens e temos pouquíssima vivência e maturidade.

Desde pequena era uma menina sonhadora, e na vida adulta isso não foi diferente. Quando optei pela carreira profissional na Enfermagem, tinha como meta realizar o vestibular para ingressar em uma instituição de ensino federal, e mesmo diante dos desafios ao longo do caminho nunca desisti pois sabia o que almejava.

Leia também: Dia Internacional da Mulher (8M) — Reflexões da enfermagem

vivências

Começo da caminhada

Então em 2008, tive a alegria de iniciar meus estudos em licenciatura e bacharelado em enfermagem na Universidade Federal Fluminense, em Niterói (RJ), onde estudei por 5 anos e vivi os melhores anos da minha jornada, fiz diversos amigos incríveis, aprendi a viver distante de casa, amadureci com os desafios e conquistas de uma estudante, aprendi muito com verdadeiros mestres que me inspiram até hoje.

Após minha graduação em 2012, decidi retornar à cidade que cresci com minha família, mais conhecida como a cidade do petróleo, Macaé (RJ), onde vivenciei minha primeira experiência profissional. Mesmo desejando numa primeira oportunidade, estar inserida no campo de atuação da saúde da mulher e pediatria, não hesitei em aceitar as oportunidades que surgissem pois penso que devemos ser abertos aos aprendizados.

No primeiro ano de formada, tive a oportunidade de trabalhar como enfermeira numa empresa da indústria petrolífera da minha cidade. Nas primeiras semanas como funcionária, já pensava que deveria iniciar meus estudos em uma pós-graduação de enfermagem do trabalho, para obter maiores conhecimentos, específicos sobre a área e, compreender melhor as demandas relacionadas aos sujeitos que estava assistindo como enfermeira: os trabalhadores.

Durante a graduação, já pensava nas próximas metas profissionais, mais um sonho a ser realizado, mas agora seria na área da docência. Os próximos passos foram na direção para me tornar mestre, doutora em saúde, estar envolvida em pesquisas, ser docente em universidades públicas e/ou privadas tanto no Brasil quanto no exterior.

Mas o que me inspirou verdadeiramente a seguir carreira de professora foi descobrir que a sala de aula poderia ser um lugar para plantar minhas sementes, dividir os meus anseios, inspirar, ser inspirada, estimular as pessoas a lutarem por seus sonhos, a mudarem a realidade da comunidade local, dos desafios históricos da nossa profissão, compartilhar crenças, incentivar a construção de um mundo melhor através da mudança que desejo ver no mundo.

Assim, após dezoito meses de trabalho como enfermeira, decidi pesquisar sobre os processos seletivos de mestrado das universidades públicas e consegui a aprovação na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) para concretizar meus estudos na saúde dos trabalhadores. Neste contexto, houve maior interesse em continuar buscando me aprimorar como docente, além de desenvolver estudos científicos para discutir os problemas em saúde pública que pude vivenciar durante a prática como enfermeira.

Desta forma, fui em direção à minha próxima meta profissional: o doutorado em saúde pública e meio ambiente na Escola nacional de saúde pública (Fiocruz), na qual ingressei em 2019 e estou em processo de finalização. Um dos maiores desafios da minha vida e carreira, pois nunca imaginei vivenciar tantas fragilidades, dificuldades na minha atuação diante de uma pandemia.

Porém, quando olho para meu passado, presente, vejo o quanto aprendi e tenho a aprender uns com os outros, e na carreira profissional isso não seria diferente. Quando me olho no espelho percebo o quanto foi e é importante perseverar pelos nossos sonhos, mesmo que ainda tenhamos dúvidas, medos, inseguranças pessoais e profissionais, a gente precisa se refazer a cada dia, recomeçar, começar, ser paciente, e não tem problema nenhum em quanto tempo vamos levar para alcançar nossos objetivos.

Saiba mais: Estresse e a equipe de enfermagem em centro cirúrgico

O imediatismo profissional almejado por muitos não deve se tornar seu maior inimigo profissional e maior obstáculo de vida. As escolhas são nossas, não importa o tempo que durem para serem realizadas.

Uma frase que li quando pequena, em um dos meus primeiros livros, uma das primeiras inspirações quando criança e que, resume um pouco a minha história na enfermagem é: “Aqueles que passam por nós não vão sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery, do livro “O Pequeno Príncipe”).

E é tudo isso que levo da minha profissão: todas as experiências de cuidado, de entrega compartilhadas por e com aqueles que me fizeram ser a profissional enfermeira que sou hoje

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.