Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / Whitebook: como fazer o acompanhamento remoto de paciente com Covid-19?
médico usando computador para fazer atendimento remoto de paciente com covid-19

Whitebook: como fazer o acompanhamento remoto de paciente com Covid-19?

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Esta semana, falamos no Portal PEBMED sobre várias questões da pandemia da doença pelo novo coronavírus, a Covid-19. Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision, vamos falar sobre o acompanhamento remoto de paciente com Covid-19.

O Whitebook liberou esse e outros conteúdos sobre coronavírus gratuitamente! Baixe e confira as melhores condutas médicas!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Orientações Gerais

Todos os pacientes com síndrome gripal em acompanhamento ambulatorial na Atenção Primária à Saúde devem permanecer em isolamento domiciliar por 14 dias a contar da data de início dos sintomas. A vigilância ativa e continuada desses pacientes que estão recebendo acompanhamento ambulatorial é a principal ferramenta para o manejo desses casos.

Para todos esses pacientes, o monitoramento deve ser feito a cada 24 horas em pessoas com mais de 60 anos e portadores de condições clínicas de risco (ver tópico abaixo) e a cada 48 horas nos demais, preferencialmente por telefone.

Os contatos podem ser realizados por chamada de voz, sem vídeo ou com vídeo.

O monitoramento deve terminar após 14 dias a partir da data do início dos sintomas ou após dois contatos consecutivos, com intervalo de 48 horas, com o paciente referindo ausência de sintomas respiratórios e febre.

Todas as equipes de saúde da família e atenção primária tradicional devem possuir uma lista de pessoas apresentando síndrome gripal.

Condições Clínicas de Risco

O contato telefônico deve se dar a cada 24 horas, em vez de a cada 48, na presença dos seguintes fatores de risco:

  • Idosos;
  • Doenças respiratória, cardíaca ou renal crônicas;
  • Tuberculose, hanseníase ou outras doenças infecciosas crônicas;
  • Transplantados de órgãos sólidos e de medula óssea;
  • Imunossupressão por doenças e/ou medicamentos HIV, quimioterapia/radioterapia, imunossupressores);
  • Portadores de doenças cromossômicas e com estados de fragilidade imunológica (ex.: síndrome de Down);
  • Diabetes;
  • Gestantes;
  • Vulnerabilidade social importante;
  • Comprometimento de capacidade de autocuidado.

Abordagem nos Contatos Telefônicos

Perguntar sobre sintomas gripais, sua evolução e avaliação sobre outras necessidades em saúde.

Caso haja necessidade, pode-se oferecer as modalidades de teleatendimento, atendimento presencial domiciliar ou, em último caso, presencial na unidade.

Em caso de piora ou de desenvolvimento de sintomas graves (como falta de ar, retorno de febre após 48 horas afebril, entre outros), pode-se encaminhar o paciente para outros níveis de cuidado do SUS (centro de referência, emergências, unidades hospitalares), sendo a equipe da UBS responsável pelo encaminhamento do paciente.

Orientar sobre medidas não farmacológicas, como repouso, hidratação e alimentação adequada.

Orientar sobre uso de analgésicos e antitérmicos.

Reforçar sobre o isolamento domiciliar por 14 dias a contar da data de início dos sintomas.

Registro Clínico

Os atendimento deverão garantir a integridade, segurança e o sigilo das informações.

As seguintes informações deverão ser registradas em prontuário eletrônico:

  1. Dados clínicos necessários para a boa condução do caso, sendo preenchidos em cada contato com o paciente.
  2. Data, hora, tecnologia da informação e comunicação utilizada para o atendimento.
  3. Número do Conselho Regional Profissional e sua unidade da federação.

No prontuário eletrônico e-SUS AB, utilizar o ambiente “Registro Tardio”.

Não é necessário gravar a consulta.

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia-a-dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.