WONCA 2022: Como jovens médicos modificarão o futuro da medicina de família?

A última sessão plenária do WONCA 2022 encerrou o evento com esperanças em relação às perspectivas futuras da medicina de família.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A última sessão plenária da 27ª Conferência Europeia do WONCA encerrou o evento com esperanças em relação às perspectivas futuras da especialidade. O movimento Vasco da Gama – organização dos médicos jovens do braço europeu do WONCA e que no Brasil tem por equivalente o movimento Waynakay Brasil – organizou a sessão plenária para um chamado à ação.

O chamado, que pareceu estar presente em todas as diferentes sessões do evento, é um chamado à vivência da equidade. Jovens palestrantes que praticam medicina de família em diferentes regiões da Europa Marina Jotic Ivanovic (Bósnia e Herzegovina), Nick Mamo (Malta), Julien Artigny (França/Martinica) conduziram em uma dança muito bem coordenada de discursos uma reflexão sobre o senso de comunidade.

Medicina de família pela Europa

Nas palavras de Ivanovic ‘comunidade não é um lugar, um espaço físico, mas sim as pessoas; comunidade é um símbolo do cuidado, senso de pertencimento e influências individuais e coletivas mútuas’. Esse lugar simbólico é marcado por oportunidades de aprendermos uns com os outros.

Artigny, ativista de grande influência nas abordagens de atenção à saúde LGBTQIA+ na Europa, enfatizou que comunidades são guiadas por valores centrais e, como destacado em todas as outras sessões plenárias, para a comunidade de pessoas que praticam medicina de família o principal valor é a equidade. Ele ainda relembrou que ‘equidade não significa entregar tudo para todos, mas entregar às pessoas o que elas necessitam’. 

Praticar esse valor em comunidades é, no entanto, muito desafiador. Isso porque é grande a dificuldade de averiguar profundamente as necessidades das pessoas a partir de sua própria perspectiva. É difícil escutar atentamente um subgrupo quando não se pertence a ele, e é ainda mais difícil o fazer de modo qualificado atravessando as fronteiras de preconceitos, conceitos estabelecidos, vieses culturais e cognitivos.

O jovem ativista francês ilustrou sua fala a partir de uma análise da falta de equidade entre a própria comunidade europeia de medicina de família. A diferença econômica entre o país mais rico e o mais pobre do bloco é de 30 vezes. Em um congresso que acontece no modelo híbrido, por exemplo, isso não pode ser considerado por si como o máximo de equidade para que todos participem. Os esforços de equidade implicam em entregar para o país mais rico e o mais pobre as mesmas condições de comparecer ao evento, porém será que todos tem ao menos internet de alta velocidade para isso?

“Empoderamento é o poder da comunidade e a solução para alcançar a equidade”, direciona o médico de família Nick Mamo, que preside o movimento jovem europeu. Como ilustração desse posicionamento, Mamo conta como ações simples podem ser transformadoras. A maior parte da comunidade médica que pratica medicina de família e comunidade na Europa – assim como no Brasil – é composta por pessoas que podem gestar. Esse é um ponto que cria uma barreira para o acesso dessas pessoas nesses eventos: cuidados com suas crianças lactentes. A maioria desse público continua a exercer a profissão, mas não consegue participar de longos eventos, especialmente internacionais, por não terem com quem deixar as crianças. A solução encontrada pela organização do WONCA foi a construção de um espaço infantil (foto a seguir), com fraldário, e assim a oportunidade de acesso foi ampliada, com um dos maiores workshops dessa edição sendo conduzidos por uma médica de família mãe que palestrou com seu filho nos braços (foto a seguir).

Reflexões

Para encerrarem, os três ativistas fizeram um exercício de reflexão para construção de uma percepção de comunidade a partir da sua percepção de si, de maneira individual. Para isso, responda as quatro perguntas a seguir:

  • Quem sou eu?
  • Para onde quero ir?
  • O que eu quero me tornar?
  • O que me define?

Essas quatro perguntas poderosas carregam as conexões do indivíduo com seus pares, seus diferentes iguais. Isso está ilustrado no diagrama a seguir de desenvolvimento da comunidade.

O chamado para ação é o chamado do comprometimento total do indivíduo com o todo. Esse problema central de direcionamento tem como solução o empoderamento da comunidade guiado pela equidade. Os três ainda brincaram com o público dizendo que pensamentos automáticos sabotadores vêm automaticamente, porém solucionam:

  1. ‘Eu duvido de mim mesmo, não sei se tenho todas as capacidades e habilidades para isso’. Duvidar não é sinônimo de medicina de família? Lidar com a incerteza constante de diagnósticos com sintomas inespecíficos, complexos, determinantes sociais de saúde
  2. ‘Eu não tenho tempo suficiente’. O médico de família não é o especialista em manejar o tempo? Em resolver rapidamente problemas complexos, gestão da agenda, vincular pacientes que acabaram de conhecer num tempo curto de consulta?

Assim como equidade é valor central da medicina de família e comunidade, superação é o fazer diário do médico de família. Para isso não há solução isenta de esforço. Assim eles foram aplaudidos por um longo período e de pé por todos os participantes do evento, encerrando suas falas em conjunto dizendo sincronizadamente que “a mudança requer ação, e ação requer comprometimento”.

Mais do congresso:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Tags