Página Principal > Colunistas > American Cancer Society muda a idade do rastreio de câncer colorretal; entenda
cancer colorretal

American Cancer Society muda a idade do rastreio de câncer colorretal; entenda

Tempo de leitura: 2 minutos.

O câncer colorretal é o quarto câncer mais comumente diagnosticado entre adultos nos Estados Unidos e a segunda principal causa de mortalidade por câncer, levando a mais de 50 mil óbitos anualmente. Recentemente, a American Cancer Society (ACS) publicou novas diretrizes para abordagem da doença e anunciou que o rastreamento do câncer colorretal deve começar aos 45 anos para adultos com risco médio.

A idade geralmente recomendada para início de rastreamento por outros grupos é de 50 anos. As novas diretrizes baseiam-se em uma revisão dos estudos sobre câncer colorretal, bem como na modelagem por microssimulação*.

*Microssimulação: categoria de ferramentas analíticas computadorizadas que executam análises altamente detalhadas de atividades. É frequentemente usada para avaliar os efeitos das intervenções propostas antes de serem implementadas no mundo real.

Tenha sempre condutas atualizadas na sua mão! Baixe gratuitamente o Whitebook.

Recomendações da ACS:

Adultos com idade igual ou superior a 45 anos com risco médio de câncer colorretal devem ser submetidos a exames regulares com um teste baseado em fezes de alta sensibilidade ou um exame estrutural (visual), dependendo da preferência do paciente e da disponibilidade do teste. Como parte do processo de triagem, todos os resultados positivos nos testes de triagem devem ser acompanhados com colonoscopia oportuna. A recomendação para iniciar o rastreamento aos 45 anos é uma recomendação qualificada**. A recomendação para rastreamento regular em adultos com 50 anos ou mais é uma recomendação forte**.

**Uma recomendação forte transmite o consenso de que os benefícios da adesão a essa intervenção superam os efeitos indesejáveis ​​que podem resultar da triagem. As recomendações qualificadas indicam que há evidências claras de benefício (ou dano) de triagem, mas menos certeza sobre o equilíbrio de benefícios e danos ou sobre os valores e preferências dos pacientes, o que poderia levar a decisões diferentes sobre triagem.

Outras recomendações:

  • A triagem regular é indicada até os 75 anos para aqueles com risco médio que tenham uma expectativa de vida de mais de 10 anos.
  • Para adultos com idade entre 76 e 85 anos, os médicos devem individualizar a decisão de rastrear.
  • A triagem deve ser desencorajada entre aqueles com 86 anos ou mais.

LEIA MAIS: Câncer colorretal – novas diretrizes para prevenção

Autora:

Referências:

  • Wolf, A. M., Fontham, E. T., Church, T. R., Flowers, C. R., Guerra, C. E., LaMonte, S. J., Etzioni, R. , McKenna, M. T., Oeffinger, K. C., Shih, Y. T., Walter, L. C., Andrews, K. S., Brawley, O. W., Brooks, D. , Fedewa, S. A., Manassaram‐Baptiste, D. , Siegel, R. L., Wender, R. C. and Smith, R. A. (2018), Colorectal cancer screening for average‐risk adults: 2018 guideline update from the American Cancer Society. CA: A Cancer Journal for Clinicians. . doi:10.3322/caac.21457
  • https://www.jwatch.org/fw114226/2018/05/31/american-cancer-society-recommends-colorectal-cancer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.