Luciana Azevedo Damasceno

Neuropsicóloga ⦁ Terapeuta Cognitivo Comportamental ⦁ Graduação em Psicologia pela PUC-RJ ⦁ Sócia fundadora da ATC-Rio (Associação de Terapias Cognitivas do Estado do Rio de Janeiro) ⦁ Atua no atendimento clínico com foco na avaliação neuropsicológica, na reabilitação cognitiva e no tratamento de distúrbios do sono segundo a atual Medicina do Sono.

Os centenários cognitivamente saudáveis são resilientes contra um declínio cognitivo maior?

Cada vez mais indivíduos atingem idades acima de 100 anos e mantêm suas funções cognitivas intactas, sem indicação de declínio cognitivo.

Pesquisas sobre demência conseguiram avançar em 2020?

A revisão de vários resultados de pesquisas importantes e iniciativas que levaram, em 2020, o campo da demência adiante apesar da pandemia.  

Demência frontotemporal: qual a influência da genética nos sintomas neuropsiquiátricos?

Os sintomas comportamentais e neuropsiquiátricos evoluem diferente em pacientes com demência frontotemporal? Leia o estudo.

Terapia cognitivo-comportamental para insônia – TCC-I: etapas do tratamento

Terapia cognitivo-comportamental para insônia (TCC-I) é o tratamento não farmacológica para dificuldades relacionadas ao sono.

Você conhece o modelo FINGER para prevenção da demência?

Um estudo chamado FINGER sugeriu a possibilidade de prevenir o declínio cognitivo (demência) usando intervenções de múltiplos domínios.

A lentificação da marcha na meia idade indica envelhecimento biológico acelerado?

Segundo um estudo de coorte na Nova Zelândia, a velocidade da marcha na meia-idade pode ser um índice resumido do envelhecimento ao longo da vida.

Como identificar patologia cerebral versus status cognitivo?

Como entender as discrepâncias entre as alterações patológicas cerebrais e a performance cognitiva? Reserva cognitiva seria um dos segredos.

Quais são as novidades no tratamento da doença de Alzheimer?

É necessário concentrar-se na preparação dos sistemas médicos para rastrear, diagnosticar e administrar uma terapia contra a doença de Alzheimer. Saiba mais:

Entenda a relação entre fragilidade, demência e cognição

Devido à natureza multidimensional e multissistêmica, pressupõe-se que a fragilidade inclui três esferas de fenótipos físicos, cognitivos e psicossociais.

Distúrbios de sono na doença de Alzheimer, causa ou efeito?

As alterações do sono eram consideradas conseqüências do Alzheimer, mas estudos recentes apontam outra relação entre as duas condições.

Entrar | Cadastrar