Leia mais:
Leia mais:
Vape: o cigarro eletrônico é tão nocivo quanto o comum?
Yoga é uma terapia complementar eficaz no combate ao fumo
Fumo passivo prejudica criança anos após a exposição

Dia Mundial sem Tabaco

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Há 35 anos a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou uma campanha para chamar a atenção sobre as doenças e mortes que são evitáveis relacionadas ao tabaco: o Dia Mundial sem Tabaco, comemorado desde então, anualmente, em 31 de maio. De acordo com a OMS, por ano, mais de 8 milhões de pessoas são vítimas fatais desse mal e todos os outros acabam sofrendo porque, além de levar à morte, o tabaco é impróprio ao meio ambiente, o que acaba por prejudicar ainda mais a saúde populacional.

Leia também: Cigarros eletrônicos: Usuários que têm Covid-19 são mais propensos a serem sintomáticos

Dia Mundial sem Tabaco

Tema de 2022 do Dia Mundial sem Tabaco

Nesse contexto, o tema escolhido pela OMS para ser o chamariz da campanha do ano 2022 é: “Envenenando o nosso planeta” visto que “ao longo do seu ciclo de vida, o tabaco polui” porque 600.000.000 árvores são cortadas para a produção de cigarros, 84.000.000 toneladas de emissões de CO2 são liberadas no ar elevando a temperatura global e 22.000.000.000 de litros de água usados na produção de cigarros. Esses número são expressivos, entretanto, o impacto negativo que o tabaco leva ao meio ambiente é imensurável e cresce a cada dia, o que nos leva a refletir a respeito dos recursos naturais já em escassez ou as vias de se tornarem escassos, além dos biosistemas de todo o mundo, que sofrem progressivamente.

Falar sobre tais danos ao meio ambiente pode ser um motivo a mais para incentivar que os fumantes deixem esse hábito, por isso, não a toa que a OMS traz 4 chamadas para ação com o Público Geral:

  1. Dê aos usuários de tabaco um motivo extra para deixar de usar tabaco. Deixar de fumar beneficia sua saúde e o meio ambiente.
  2. Apoiar ações políticas em torno da proibição de plásticos de uso único que incluem bituca de cigarro, sacos de tabaco sem fumo e resíduos eletrônicos.
  3. Aumentar a conscientização sobre as táticas de greenwashing da indústria do tabaco.
  4. Apoiar os governos em taxas/impostos adicionais sobre a indústria para proteger o meio ambiente.

Especificamente no Brasil, o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) é o responsável por produzir e divulgar materiais técnicos de ação para contribuir nos três níveis de esfera do governo, posto que a dependência pela nicotina presente nos produtos à base de tabaco é algo químico, provocando uma doença crônica reconhecida como tabagismo, que de acordo com a Revisão da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde [CID-11], integra o grupo de transtornos mentais e comportamentais em razão do uso de substância psicoativa.

À vista disso, a melhor estratégia para auxiliar aqueles que sofrem com a doença tabagismo, é oferecer tratamento que ajude na difícil, porém não impossível, missão que é parar de fumar. Nesse contexto, o Ministério da Saúde junto ao INCA estabelece o Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT). O Programa tem como objetivo a redução da prevalência dos tabagistas e, por consequência, a diminuição da morbimortalidade relacionada ao seu uso.

Saiba mais: Cessação do tabagismo: uma revisão da literatura

O PNCT segue um modelo por meio da educação em saúde e de práticas em grupo/individuais para promover a cessação do fumo, a prevenção da iniciação do tabagismo (principalmente entre crianças e adolescentes) e para proteger a vida dos danos individuais, sociais e ambientais dos produtos derivados do tabaco. Considerando o Programa cabe destacar que ele também articula a Rede de tratamento do tabagismo no SUS, o Programa Saber Saúde, as campanhas e outras ações educativas e a promoção de ambientes livres.

Por fim, afigura-se indispensável o incentivo de ações contra o tabaco por cada profissional de saúde, a fim de garantir pactos mundiais em benefício à saúde da população e ao meio ambiente.

Autores(as):

Isabelle Gaspar:
Enfermeira – Residência em Saúde da Mulher (HESFA/UFRJ), Mestrado em Enfermagem (EEAN/UFRJ) e Especialização em Gênero e Sexualidade (CLAM/IMS/UERJ).

Mariana da Rocha Marins:
Enfermeira, especialista em saúde da família. Mestre em educação pela Universidade Federal Fluminense. Experiência na gestão de unidade básica de saúde no Município do Rio de Janeiro e atualmente Gestora em Saúde no Município de Maricá.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
# Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde - SCTIIE / Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias e Inovações em Saúde - DGITIS / Coordenação de Gestão de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas - CPCDT. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Tabagismo. Brasília, 2020. # OPAS/PAHO. Dia Mundial Sem Tabaco - 31 de maio de 2022. Acesso em: 24/05/2022. Disponível em: https://www.paho.org/pt/campaigns/world-no-tobacco-day-2022 # INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Ministério da Saúde. Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O controle do tabaco no Brasil: uma trajetória. Rio de Janeiro: INCA, 2012.
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.