Diretriz da AHA para uso do Ômega-3 na Hipertrigliceridemia

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Níveis elevados de triglicerídeos estão associados com aumento do risco de eventos cardiovasculares (IAM, AVC e morte), apesar da força dessa relação não ser tão forte como no colesterol. Por isso, em pacientes com risco cardiovascular elevado, a prioridade é o início das estatinas. E o tratamento dos triglicerídeos fica reservado para os pacientes com níveis muito altos. 

  • Baixo: < 150 mg/dl
  • Moderado: 150-500 mg/dl
  • Alto: 500-886 mg/dl
  • Muito alto: > 886 mg/dl

divergência na literatura do valor de corte para iniciar terapia farmacológica, com alguns autores falando em 500 mg/dl e outros 886 mg/dl. De qualquer forma, o primeiro passo é sempre a adoção de hábitos saudáveis, com:

  1. Redução das calorias da dieta, em especial, com menos ingestão de gordura saturada e frituras.
  2. Redução consumo bebidas alcoólicas.
  3. Exercícios físicos regulares e perda de peso.

Quando mesmo assim há indicação de tratamento farmacológico, a primeira linha sempre foram os fibratos, com destaque para fenofibrato, por menor risco de interação com as estatinas. Só que estudos recentes têm mostrado um papel importante dos ômega-3 na redução do TG e, por um estudo mais recente, até do risco cardiovascular! Veja nossa reportagem sobre o REDUCE-IT, o mais importante destes ensaios clínicos até o momento.

A American Heart Association publicou um artigo confirmando o papel do ômega-3, dose de 4g/dia, na redução dos triglicerídeos. Só que esse documento não definiu com certeza se devemos começá-los com TG > 150, 500 ou 880 mg/dl! Da mesma forma, não há estudos comparando fibrato versus ômega-3 nem a associação deles. Por isso, a conduta deve ser individualizada. Nossa sugestão, até saírem novos estudos, é:

  • TG > 150 mg/dl = iniciar medidas não farmacológicas
  • TG 150-500 mg/dl = se o paciente estiver no perfil do REDUCE-IT e com condições econômicas, associar ômega-3 parece ser benéfico.
  • TG > 500-886 mg/dl = tratamento farmacológico, podendo ser fibrato ou ômega-3

Os possíveis riscos do uso de ômega-3 são efeitos gastrointestinais (halitose, dispepsia e diarreia) e sangramento (em teoria, têm discreto efeito antiplaquetário).

Autor: 

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar