Endometriose e síndrome do ovário policístico

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A prevalência de endometriose e síndrome do ovário policístico (SOP) é maior que 10% nas mulheres ao redor do mundo. Essas são patologias que diminuem a fertilidade e a qualidade de vida das pacientes, por isso a importância de estudá-las para melhorar a assistência à saúde das mulheres. Ao contrário do que já foi proposto há alguns anos, a endometriose e a SOP são doenças opostas, não tendo ligação entre si. Mas estudá-las dessa maneira pode nos ajudar a entender melhor ambas.

Leia também: Uso de implante de Etonogestrel em pacientes com endometriose e adenomiose

Endometriose e síndrome do ovário policístico

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Estudo recente

Em abril de 2021 foi publicado um artigo sobre esse tema na Evolutionary Applications, foi destacada a importância de estudar doenças opostas para aprender melhor o funcionamento de ambas. O autor fez uma revisão sistemática de artigos com bom embasamento científico para mostrar a dicotomia entre endometriose e a síndrome do ovário policístico. Fica claro que desde a fase da embriogênese a mulher com SOP tem altos níveis de testosterona, enquanto a paciente com endometriose tem baixos. Elas apresentam biótipos diferentes e uma regulação hormonal do eixo hipotálamo-hipófise-ovário totalmente discrepantes. Também vão apresentar quadros clínicos opostos e diferentes causas para a infertilidade, quando existente.

Conclusão

Importante ressaltar que até pouco tempo atrás tínhamos a suspeita que ter SOP era fator de risco para endometriose, devido aos altos níveis de estrogênio que a paciente com SOP é exposta. Isso nos mostra o quanto precisamos evoluir nos estudos sobre ginecologia endócrina. Ao saber que as pacientes com endometriose apresentam uma baixa dosagem de testosterona enquanto feto, nos mostra que a testosterona pode ser um fator protetor da endometriose ou a etiologia da doença. Mais estudos são necessários para elucidar essa questão, mas é algo que pode ajudar inúmeras pacientes com dismenorreia e infertilidade por conta de endometriose. 

Saiba mais: Síndrome do ovário policístico: quando medicar?

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Dinsdale, NL, Crespi, BJ. Endometriosis and polycystic ovary syndrome are diametric disorders. Evol Appl. 2021;00:1– 23. doi: 10.1111/eva.13244
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar