Intervenção percutânea coronariana: devemos dar alta no mesmo dia? - PEBMED

Intervenção percutânea coronariana: devemos dar alta no mesmo dia?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Especialistas da American College of Cardiology elaboraram um consenso sobre intervenção percutânea coronariana. A principal discussão é o tempo de alta: eles avaliaram as evidências para entender os benefícios e consequências da alta no mesmo dia do procedimento em relação à alta no dia seguinte.

Leia também: AHA 2020: Ticagrelor na intervenção coronariana percutânea reduz a incidência de infarto periprocedimento?

médico avaliando paciente após intervenção percutânea coronária

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Intervenção percutânea coronariana

Confira os principais tópicos do consenso:

  1. A alta no mesmo dia (AMD) mostrou ser preferida pelos pacientes e não apresentou diferenças nos desfechos clínicos em relação as altas no dia seguinte.
  2. A AMD após uma angioplastia eletiva permite otimizar o sistema de saúde através de otimização de fluxo e utilização de recursos.
  3. Os estudos mostram que a AMD apresenta redução em custos. Os dados estimam que se 50% das angioplastias eletivas tivessem alta no mesmo dia, isso produziria uma economia de 200 a 500 milhões de dólares anuais nos Estados Unidos.
  4. A alta no mesmo dia significa permanecer no hospital após a angioplastia por um período, sem supervisão e monitorização noturna na unidade.
  5. A escolha de pacientes elegíveis à AMD deve envolver critérios clínicos, sociais e organizacionais da equipe e do serviço realizador. Por exemplo, o paciente deve ter um procedimento não considerado complexo, capacidade de entender possíveis complicações e o serviço deve estar organizado para atendê-lo.
  6. Os critérios a serem avaliados após a angioplastia para AMD são o sucesso do procedimento, a ausência de complicações, ausência de alteração do estado mental/neurológico e a vontade dos pacientes de receber alta.
  7. A AMD deve envolver receita médica com prescrição da dupla antiagregação plaquetária e garantia de acompanhamento pós-procedimento.
  8. Os pacientes devem ser orientados sobre o procedimento, possíveis complicações e serem referenciados ao serviço de emergência caso seja necessário.

Conclusão

O consenso de especialistas da American College of Cardiology defende a alta no mesmo dia após uma intervenção percutânea coronariana, desde que o paciente se enquadre nos critérios e tenha acompanhamento correto após o procedimento.

Mais do autor: Qual o real risco de pacientes com insuficiência cardíaca com Covid-19?

Autor:

Referência bibliográfica:

  • Sunil V. Rao, Mladen I. Vidovich, et al. 2021 ACC Expert Consensus Decision Pathway on Same-Day Discharge After Percutaneous Coronary Intervention: A Report of the American College of Cardiology Solution Set Oversight Committee. J Am Coll Cardiol. Jan 07, 2021. Epublished DOI: 10.1016/j.jacc.2020.11.013

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar