Qual o real risco de pacientes com insuficiência cardíaca com Covid-19? - PEBMED

Qual o real risco de pacientes com insuficiência cardíaca com Covid-19?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

A infecção por coronavírus tem sido o maior evento de saúde pública mundial recente. Populações específicas estão sob maior risco, como os coronariopatas, hipertensos, diabéticos, obesos. Como mencionado antes no portal pacientes cardiopatas estão mais sujeitos a um pior desfecho na doença, tanto por sobrecarga cardíaca, quanto por mecanismos ainda incertos envolvendo o sistema renina-angiotensina-aldosterona, e também por lesão direta ao miocárdio pelo vírus. Portanto pacientes com insuficiência cardíaca (IC) seriam afetados de maneira desproporcional a outras populações infectadas por Covid-19.

Leia também: Butantan apresenta números de eficácia da vacina Coronovac

Pacientes com insuficiência cardíaca (IC) seriam afetados de maneira desproporcional a outras populações pelas complicações de Covid-19.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Método do estudo

Pesquisadores analisaram o registro de mais de 130 mil pacientes com hospitalizações por IC ou duas consultas relacionadas a IC de janeiro de 2019 a 31 de março de 2020 e que reinternaram no período de abril a setembro de 2020. Os pesquisadores compararam características individuais basais, mortalidade e dispêndio financeiro com custeio de recursos em saúde.

Achados

Dos pacientes analisados 18% voltaram a internar por insuficiência cardíaca, um número menor, 6,4% dos pacientes, internaram por Covid-19, e o restante 75,6% por outras causas. Dos pacientes que internaram por Covid-19 aproximadamente um quarto (24,2%) vieram a óbito. Em comparação, os pacientes reinternados por IC morreram em bem menor número (2,6%).

Saiba mais: AHA 2020: Repor ferro em pacientes com insuficiência cardíaca é benéfico?

Obesidade mórbida, diabetes e idade avançada foram os fatores de pior prognóstico encontrados pelos pesquisadores em pacientes com IC internados por infecção pelo coronavírus. Além disso, os custos com a internação de pacientes com insuficiência cardíaca e Covid-19 foram extremamente elevados.

Conclusão

Esses dados vêm salientar que esforços de prevenção e vacinação, nessa população em especial, devem ser estimulados, tanto pela alta mortalidade, quanto pelo alto custo envolvido.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Bhatt AS, Jering KS, et al. Clinical Outcomes in Patients With Heart Failure Hospitalized With COVID-19. J Am Coll Cardiol Heart Fail. 2021 Jan;9(1):65–73. doi: 10.1016/j.jchf.2020.11.003

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar