Leia mais:
Leia mais:
Quiz: lesões tortuosas após contato com cimento. O que será?

Lesōes de ponta de dedo cicatrizam bem por segunda intenção?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

As lesões de ponta de dedo da mão estão entre as mais comuns nos plantões ortopédicos. Existem diferentes técnicas para tratamento das mesmas e irão depender do ângulo de perda do tecido, exposição óssea, condição da parte amputada, lesões em dedos adjacentes, extensão do defeito e experiência do cirurgião.

O tratamento objetiva a redução da dor, otimização do tempo de cicatrização, preservação da sensibilidade e função, limitação de deformidades da unha, redução do tempo de retorno ao trabalho e, se possível, favorecimento de resultados estéticos.

médico consultando paciente com lesões de ponta de dedo

Evolução de lesões de ponta de dedo

Foi publicado recentemente na “Revista Brasileira de Ortopedia – RBO” um estudo observacional e retrospectivo com o objetivo de analisar a evolução, os resultados finais e a incidência de complicações em pacientes tratados por cicatrização secundária, e comparar os resultados alcançados com os quatro tipos diferentes de lesões, segundo a classificação de Allen.

Foram selecionados 127 pacientes com amputações traumáticas de ponta de dedo entre abril de 2017 e maio de 2019, classificados de acordo com a classificação de Allen e tratados com cicatrização por segunda intenção. O tempo de follow up mínimo foi de seis meses.

Leia também: Retorno ao trabalho e esporte após tratamento cirúrgico de fraturas diafisárias de úmero

O tratamento durou, em média, 4,3 semanas e o dados demonstram que havia uma relação estatisticamente significativa em proporção com a gravidade da lesão de acordo com a classificação de Allen (p ≤ 0,001). Vinte e quatro (18,9%) casos apresentaram complicações, sendo as mais frequentes hiperalgesia (13 pacientes), exposição persistente da falange (7 pacientes), seroma ( 3 pacientes) e infecção (1 paciente). Tais complicações apresentaram maior incidência nos pacientes classificados como Allen tipo 2 ( 11 pacientes), seguidos pelos tipos 1 (6 pacientes), 4 (4 pacientes) e 3 (3 pacientes), sendo tais diferenças estatisticamente significativas (p ≤ 0,05).

Por fim, encontrou-se uma relação estatisticamente significativa (p 0,001) entre a classificação de Allen e a preservação do comprimento máximo da ponta do dedo; a necessidade de encurtar o comprimento inicial a fim de conseguir o fechamento somente foi relatada em 2 pacientes (1,6%) classificados como Allen tipo 2.

Na nossa prática

De acordo com os resultados do estudo o tratamento por cicatrização secundária com troca seriada de curativos também demonstrou resultados satisfatórios em amputações classificadas como Allen 3, que na literatura têm indicação de tratamento com retalhos locais ou regionais.

A troca de curativos seriada é uma maneira simples de tratamento, que não exige expertise cirúrgica. Entretanto, há necessidade de seguimento ambulatorial regular e o paciente fica sujeito a um maior tempo de afastamento de atividades laborais pelo elevado tempo de cicatrização em relação aos retalhos.

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
#Chavez-Galvan CR, et al. Comparative Analysis of a Modified Secondary Healing Protocol for Fingertip Amputations and Non-microsurgical Reconstruction Techniques. Rev Bras Ortop (Sao Paulo). 2021 Oct 25;57(1):108-112. doi: 10.1055/s-0041-1735944. PMID: 35198117; PMCID: PMC8856846.
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.