Leia mais:
Leia mais:
NOR-TEST 2 parte A: Ensaio clínico de fase 3 para avaliação de tenecteplase como terapia na fase aguda do AVC
IM/ACP 2022: confira as novidades do congresso
Você sabe identificar os tipos de afasia?
Como usar os mapas de perfusão cerebral no seu diagnóstico? [vídeo]
Os melhores avanços em pesquisas nas doenças cardiovasculares e AVC pela AHA em 2021

Monitorização de longo prazo para FA subclínica após AVCi

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Todos os pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi) devem ser monitorizados para eventos cardíaco por pelo menos as primeiras 24 horas após o início do quadro cerebral para procurar fibrilação atrial (FA) subclínica. Além disso, alguns autores sugerem a monitorização cardíaca ambulatorial por várias semanas (por exemplo, 30 dias) para pacientes com AVCi criptogênico ou ataque isquêmico transitório (AIT). Esses pacientes são caracterizados por isquemia cerebral não atribuível a uma fonte definida de cardioembolismo ou aterosclerose, apesar da extensa avaliação vascular e cardíaca, incluindo nenhuma evidência de FA no eletrocardiograma padrão de 12 derivações (ECG) e no monitor de eventos cardíaco de 24 horas.

Leia também: Risco de sangramento com trombectomia mecânica em AVCi com ASPECT baixo

A monitorização prolongada de eventos cardíacos aumenta a detecção de FA subclínica em pacientes com AIT ou AVCi agudo que apresentam ritmo sinusal. Em contraste, a FA subclínica, se transitória, infrequente e em grande parte assintomática, pode não ser detectada no na monitorização padrão, como Holter de 24 ou 48 horas. Esta questão é discutida em ensaios de pacientes sem um mecanismo identificado para acidente vascular cerebral ou AIT:

  • No estudo CRYSTAL AF, 441 pacientes com acidente vascular cerebral criptogênico e nenhuma evidência de FA durante pelo menos 24 horas de monitorização com ECG foram aleatoriamente designados para monitorização ambulatorial prolongada com um monitor cardíaco subcutâneo ou a um grupo controle com acompanhamento convencional. Após seis meses, a detecção de FA foi significativamente maior no grupo com monitorização prolongada (8,9%, contra 1,4 por cento no grupo controle, razão de risco [FC] 6,4, IC 95% 1,9-21,7).
  • No ensaio EMBRACE, 572 pacientes que tiveram um AVCi criptogênico ou AIT (sem FA após monitorização cardíaca de 24 horas) nos últimos seis meses foram aleatoriamente designados para uma monitorização ambulatorial adicional com um “external loop recorder” de 30 dias (grupo de intervenção) ou um monitor Holter de 24 horas (grupo controle). Ao final do estudo, a taxa de detecção de FA foi significativamente maior no grupo intervenção (16,1%, versus 3,2% no grupo controle, IC 95% 8,0-17,6).
  • O ensaio PER DIEM randomizou 300 pacientes dentro de seis meses após o AVCi e nenhuma FA conhecida (66%). Um grupo com com um monitor cardíaco subcutâneo (colocado por um ano) e outro com “external loop recorder” (usado por quatro semanas). Após 12 meses, a detecção de nova FA com duração superior a dois minutos foi observada em um número maior de pacientes no grupo monitor cardíaco subcutâneo em comparação com o grupo “external loop recorder” (15,3 versus 4,7%, diferença absoluta 10,7%, IC 95% 4,0-17,3%).

Saiba mais: Quando iniciar anticoagulação após AVC relacionado à fibrilação atrial (FA)?

Toda essa monitorização pode então reduzir o risco de AVCi recorrente, levando ao uso adequado de anticoagulação a longo prazo? Faltam evidências rigorosas de que a anticoagulação da FA subclínica melhora os resultados para pacientes inicialmente diagnosticados com AVCi criptogênico. Além disso, a duração mínima de tempo (em minutos) dos episódios de FA que aumenta o risco de formação de trombo nos átrios e, assim, aumenta o risco de AVCi cardioembólico não foi firmemente estabelecida.

Embora faltem evidências, alguns autores sugerem terapia anticoagulante para pacientes com diagnóstico inicial de AVCi criptogênico que apresentam FA de qualquer duração detectada no monitoramento de longo prazo.

Referências bibliográficas:

  • Sanna T, Diener HC, Passman RS, et al. Cryptogenic stroke and underlying atrial fibrillation. N Engl J Med. 2014;370:2478-86. doi10.1056/NEJMoa1313600.
  • Gladstone DJ, Spring M, Dorian P, et al. Atrial fibrillation in patients with cryptogenic stroke. N Engl J Med. 2014;370:2467-77. doi10.1056/NEJMoa1311376.
  • Buck BH, Hill MD, Quinn FR, et al. Effect of Implantable vs Prolonged External Electrocardiographic Monitoring on Atrial Fibrillation Detection in Patients With Ischemic Stroke: The PER DIEM Randomized Clinical Trial. JAMA. 2021;325:2160-68. doi10.1001/jama.2021.6128.
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.