Leia mais:
Leia mais:
Nova associação antibiótica chega ao mercado: meropenem-vaborbactam

Nova associação antibiótica chega ao mercado: meropenem-vaborbactam

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

No final de agosto, a Food and Drug Administration (FDA), agência americana para regulamentação de medicamentos, aprovou a nova associação antibiótica meropenem-vaborbactam para adultos com infecções do trato urinário complicadas (ITUc), incluindo pielonefrite, um tipo de infecção renal causada por bactérias específicas.

A segurança e a eficácia do meropenem-vaborbactam foram avaliadas em um ensaio clínico com 545 adultos com ITUc, incluindo aqueles com pielonefrite. Os participantes foram randomizados para receber tratamento intravenoso com a nova associação antibiótica ou com piperacilina-tazobactam, outro medicamento antibacteriano.

No final do tratamento, aproximadamente 98% dos pacientes do grupo meropenem-vaborbactam apresentaram cura/melhora nos sintomas e uma cultura de urina negativa, em comparação com 94% dos participantes do grupo piperacilina-tazobactam.

Sete dias após o término do tratamento, cerca de 80% dos pacientes tratados com meropenem-vaborbactam, em comparação com aproximadamente 73% dos tratados com piperacilina-tazobactam, não apresentavam mais sintomas e tiveram uma cultura de urina negativa.

Veja também: ‘Infecção Urinária: 10 mitos do diagnóstico e tratamento’

Reações adversas

As reações adversas mais comuns nos pacientes que receberam meropenem-vaborbactam foram dor de cabeça, reações do local de infusão e diarreia. A nova associação antibiótica está associada a riscos graves, incluindo reações alérgicas e convulsões, e não deve ser usado em pacientes com antecedentes de anafilaxia.

O FDA alerta que, para reduzir o desenvolvimento de bactérias resistentes a fármacos e manter a eficácia de medicamentos antibacterianos, meropenem-vaborbactam deve ser usado apenas para tratar ou prevenir infecções comprovadas ou suspeitas de serem causadas por bactérias suscetíveis.

E mais: ‘Infecção urinária: ceftazidima-avibactam é uma alternativa eficaz de tratamento?’

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar