Obesidade: aumento da dose de levonorgestrel pode melhorar a eficácia da contracepção de emergência?

A obesidade, morbidade de prevalência em ascensão no mundo todo, é um dos fatores que diminui a eficácia da contracepção de emergência.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A contracepção de emergência com 1,5 mg de levonorgestrel (LNG) é amplamente conhecida e disponível em muitos países, inclusive no Brasil. Tem sua indicação de uso após o coito desprotegido para evitar a gravidez não planejada. Sua eficácia pode chegar até a 90% e seu principal mecanismo de ação é inibir o pico do hormônio LH e, então, a ovulação.

A obesidade, morbidade de prevalência em ascensão no mundo todo, é um dos fatores que diminui a eficácia desse contraceptivo de emergência, provavelmente devido à redução de 50% nos parâmetros farmacocinéticos. Alguns trabalhos mostraram um risco de mais de 4 vezes de ocorrer gravidez não planejada mesmo após o uso de LNG 1,5 mg (odds ratio 4,41, IC 95%: 2,05–9,44) em mulheres com IMC maior de 30 kg/m2.

Um estudo conduzido em Oregon Health & Science University e Eastern Virginia Medical School, de 2017 a 2021, foi publicado no OBSTETRICS & GYNECOLOGY recentemente. O estudo teve objetivo de analisar se a duplicação da dose do LNG para 3,0 mg indicaria uma maior eficácia da contracepção de emergência em mulheres obesas.

Leia também: DIU hormonal pode ser uma nova opção à “pílula do dia seguinte”

Obesidade aumento da dose de levonorgestrel pode melhorar a eficácia da contracepção de emergência

Metodologia

As mulheres recrutadas tinham de 18 a 35 anos, IMC maior que 30 kg/m2, sem patologias, sem uso de contraceptivos hormonais, com ciclos regulares e progesterona dosada na fase lútea compatível com ovulação.

Essas mulheres começavam sua monitorização do 6º ao 8º dia do ciclo, em dias alternados com ultrassonografia transvaginal. A monitorização ocorria até a identificação do folículo dominante de 15 mm. Elas eram então randomizadas para 1,5 ou 3,0 mg de levonorgestrel. Após tomada a medicação, as mulheres eram monitorizadas diariamente até observado a ruptura do folículo ou por 7 dias, caso não acontecesse a ruptura.

A hipótese dos autores era que haveria mais ovulação (ruptura dos folículos) no grupo que tomou 1,5 mg de LNG do que no grupo 3,0 mg. O desfecho primário foi, então, a diferença na proporção de mulheres com não ruptura do folículo até o 5º dia pós uso do medicamento (tempo de sobrevivência do espermatozoide no trato genital feminino).

Resultados

Um total de 70 mulheres concluíram o estudo. Os dois grupos tinham características semelhantes (média de idade de 28 anos e de IMC de 38 kg/m2). Não foi encontrado diferença entre os grupos (1,5 vs 3,0 mg de LNG) na proporção de mulheres sem ruptura folicular após o 5º dia pós administração do LNG (1,5 mg: 18/35 [51,4%]; 3,0 mg: 24/35 [68,6%]; p=0,14). Entre as mulheres em que houve ruptura dos folículos antes do 5º dia, não houve diferença no tempo de que isso ocorreu.

Saiba mais: Whitebook: anticoncepcionais orais

Conclusões

Os autores afirmam que mulheres obesas apresentam maior falha do contraceptivo de emergência com LNG e que o perfil farmacocinético dessa substância é alterado nessas mulheres. Entretanto, a estratégia de dobrar a dose (de 1,5 mg para 3,0 mg) parece não ser efetiva para aumentar a eficácia do método nessas mulheres.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão
# Edelman AB, et al. Double Dosing Levonorgestrel-Based Emergency Contraception for Individuals With Obesity. Obstetrics & Gynecology. 2022 9 June;10. DOI: 10.1097/AOG.0000000000004717.