Leia mais:
Leia mais:
Mosquitos infectados com wolbachia podem ajudar no controle da dengue?
Infecção prévia por zika pode estar relacionada ao risco de dengue grave?
Casos de dengue nas Américas chegam a 1,6 milhão este ano, alerta OPAS
Casos prováveis de dengue ultrapassam 90 mil, com 14 mortes confirmadas
Quiz: qual dos sinais é considerado de alarme na dengue?

Vacina contra a dengue: o que você deve saber sobre as últimas evidências

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

É fato que a imunização é responsável pelo controle e até mesmo pela erradicação de doenças. Alguns fatores dificultaram a elaboração de uma vacina eficaz contra a dengue, como a existência de quatro sorotipos e a dificuldade de um modelo animal. A eficácia da proteção é de 66%, aumenta na exposição prévia e varia com gravidade, idade e sorotipo.

A Dengvaxia foi aprovada pela Anvisa em 2015 após 20 anos de desenvolvimento. A vacina é recombinante, tetravalente, elaborada a partir do vírus da febre amarela, acrescida a proteína de envelope de cada sorotipo e liofilizada. O intervalo do esquema é de 0, 6 e 12. Com relação aos dados de segurança da vacina, não foi identificado evento adverso sério.

Devem ser introduzidas em áreas com alta prevalência. São indicadas para idades de 9 a 45 anos, por não haver dados de segurança e eficácia fora dessa faixa etária.

Em comunicado de 29 de novembro de 2017, a Anvisa relatou que a vacina não deve ser aplicada em indivíduos soronegativos e registrou as modificações pertinentes em sua bula. Estudos feitos pelo laboratório francês Sanofi Pasteur, fabricante da Dengvaxia, mostraram que a vacina causou aumento do risco de dengue severa e de hospitalização em quem nunca teve a doença.

Dessa forma, a imunização torna-se uma aliada a mais na profilaxia, estando indicada atualmente para indivíduos sabidamente já expostos e que vivem em áreas endêmicas, não sendo recomendada para os não expostos. Os que iniciaram e não completaram o esquema devem ser analisados individualmente. Programas públicos de vacinação devem avaliar risco-benefício, de acordo com a endemicidade.

Leia também: ‘Abordagem ao paciente com febre e mialgia’

É médico e também quer ser colunista da PEBMED? Clique aqui e inscreva-se!

Autor:

Referências:

  • XX Congresso Brasileiro de Infectologia – Principais benefícios clínicos da primeira vacina contra dengue
  • Entendendo a dengue. Dr Alberto Chebabo
  • Dengvaxia: eficácia contra a dengue grave e experiência de uso Dr Edson Moreira. Nota técnica Sociedade Brasileira de Infectologia, 20/12/17.
  • Nota de esclarecimento da ANVISA, 29/11/17.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar