Leia mais:
Leia mais:
Vacina contra Herpes Zoster é segura em pacientes tratados com antagonista de TNF alfa
Probióticos: LGG® no incremento da resposta às vacinas
Influenza: Ministério da Saúde amplia vacinação para toda a população brasileira
Butanvac: Anvisa autoriza início do estudo com voluntários
Os fatores que influenciam a resposta às vacinas

Vacina contra Herpes Zoster é segura em pacientes tratados com antagonista de TNF alfa

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O herpes zoster é uma infecção secundária à reativação do vírus Varicella zoster latente, a qual frequentemente ocorre em indivíduos imunossuprimidos e idosos. A vacina de vírus vivo atenuado é capaz de reduzir em até 70% o risco de herpes zoster. No entanto, vacinas com agentes atenuados são, geralmente contraindicadas em pacientes que utilizam imunossupressores e biológicos, devido ao risco teórico de causar uma infecção Varicella-like pela cepa vacinal. 

Recentemente, o estudo VaricElla zosteR VaccinE (VERVE) avaliou a segurança e eficácia da vacina de vírus vivo atenuado contra herpes zoster em pacientes com mais de 50 anos de idade em uso de terapia antagonista de TNF alfa e que não haviam previamente recebido a vacina. Foi realizado estudo duplo cego controlado, nos quais os pacientes foram randomizados para receber a vacina Zostavax ou placebo, seguidos até 12 meses. A resposta imune específica foi avaliada por gpELISA (imunidade humoral) e ELISpot (imunidade celular) no soro e células mononucleadas do sangue periférico no basal e 6 semanas após a vacinação. Infecção suspeita por Varicella zoster foi avaliada clinicamente por fotografias digitais e PCR do fluido vesicular. 

Leia também: Herpes zoster: Número de casos cresce no país e estudos indicam direta relação com a pandemia

Vacina contra Herpes Zoster é segura em pacientes tratados com antagonista de TNF alfa

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Metodologia

Entre março de 2015 e dezembro de 2018, 617 pacientes forma randomizados na razão de 1:1 para receber a vacina de vírus vivo atenuado (n = 310) ou placebo ( n = 307) em 33 centros. A idade média foi de 62,7 anos (DP 7,5). Cerca de 66% eram do sexo feminino, 90% brancos, 8,2% negros e 5,9% hispânicos. As indicações mais comuns para terapia anti-TNF alfa foram: artrite reumatoide (57,6%) e artrite psoriásica (24,1%), sendo incluídos ainda pacientes com doença de Crohn, retocolite ulcerativa, espondilite anquilosante, sarcoidose e psoríase. Os antagonistas de TNF alfa utilizados foram: adalimumabe (32,7%), infliximabe (31,3%), etanercept (21,2%), golimumabe (9,1%) e certolizumabe pegol (5,7%). Terapias concomitantes incluíram metotrexato (47,7%) e corticosteroides (10,5%). Até a sexta semana, nenhum caso de infecção por varicela foi confirmado. A incidência acumulada de infecção por Varicella ou herpes zoster foi de 0,0% (IC95%, 0,0% a 1,2%). Na semana 6, comparado ao basal, observou-se aumento da média geométrica de título de anticorpos contra Varicella zoster por gpELISA e ELISpot de 1,33 (IC 95%, 1,17 a 1,51) e 1,39 (IC 95% 1,07 a 1,82) vezes, respectivamente. No entanto, após 1 ano, os títulos por gpELISA mantiveram a média elevada em relação ao basal (1,42 IC95% 1,07 a 1,88]; n = 114), enquanto ao ELISpot não mais se observou diferença significativa (0,76 [IC 95%, 0,51 a 1,15]; n = 116). Foi notada diferença significativa na presença de reações adversas locais entre os pacientes que receberam vacina versus o placebo (19,4 x 4,2%), mas não houve diferença quanto a eventos adversos sistêmicos. 

Conclusões

Não foram observados casos de Herpes Zoster relacionados a vacina entre pacientes com mais de 50 anos em uso de antagonistas de TNF alfa vacinados com a vacina Zostavax, a qual contém vírus vivo atenuado. A produção de anticorpos contra a vacina foi robusta, embora a resposta celular não tenha se sustentado 1 ano após a vacinação. Os dados do estudo sugerem que a vacina de vírus vivo atenuado é segura nesse contexto, embora a eficácia de longo prazo seja desconhecida. A resposta imune humoral e celular foi aparentemente menor que o encontrado em indivíduos hígidos (33% e 39% acima do basal, versus 120% e 78%, respectivamente). Os autores sugerem que a utilização de antagonista de TNF alfa impacte negativamente na resposta vacinal e que talvez seja necessária aplicar dose de reforço da vacina nessa subpopulação. 

Saiba mais: Herpes Zoster aumenta risco de AVC e IAM

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Curtis JR, Cofield SS, Bridges SL Jr, Bassler J, Deodhar A, Ford TL, Huffstutter J, Jankeel A, Kivitz A, Kamal S, Lindsey S, Messaoudi I, Mendoza N, Michaud K, Mikuls TR, Ridley D, Shergy W, Siegel SAR, Winthrop KL. The Safety and Immunologic Effectiveness of the Live Varicella-Zoster Vaccine in Patients Receiving Tumor Necrosis Factor Inhibitor Therapy: A Randomized Controlled Trial. Ann Intern Med. 2021 Sep 28.  doi10.7326/M20-6928. Ahead of print.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar