Guilherme Grossi Cançado

Residência médica em Clínica Médica e Gastroenterologia pelo HC-UFMG ⦁ Mestrado em saúde do adulto com ênfase em Gastroenterologia pela Faculdade de Medicina da UFMG ⦁ Chefe da Gastrohepatologia do Hospital da Polícia Militar de Minas Gerais ⦁ Preceptor de hepatologia e clínica médica do HC-UFMG ⦁ Conteudista do Whitebook - área de Gastroenterologia e Hepatologia ⦁ Membro da AASLD, SBH, GEDIIB.

Doença hepática gordurosa de causa secundária: como identificar e manejar?

A doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) tem prevalência estimada em 25% da população mundial adulta.

Inibidor de transglutaminase 2 pode ser um tratamento eficaz para doença celíaca?

Pesquisadores avaliaram um fármaco capaz de inibir a transglutaminase 2 com alta especificidade, prevenindo a formação de glúten deaminado.

Cardiomiopatia cirrótica prediz aparecimento de doença cardiovascular após transplante hepático

A cardiomiopatia cirrótica é uma manifestação extra-hepática da cirrose ainda muito subdiagnosticada na prática clínica.

Dispepsia funcional e gastroparesia: parte do mesmo espectro de doença?

A relação entre dispepsia tipo síndrome de desconforto pós-prandial e gastroparesia nunca foi bem esclarecida. Saiba mais.

Doença de Crohn: novo escore para predição de terapia biológica precoce

Recentemente desenvolveu-se um escore clínico capaz de guiar a seleção do tratamento inicial de portadores de doença de Crohn.

Risco de malignização da neoplasia mucinosa papilar intraductal de ducto secundário no longo prazo

A neoplasia mucinosa papilar intraductal (IPMN) é um tumor cístico do pâncreas associado ao desenvolvimento de carcinoma pancreático.

Varicella zoster em pacientes com doença inflamatória intestinal

O vírus Varicella zoster ameaça pacientes com doença inflamatória intestinal quando em uso de imunossupressores e biológicos. Saiba mais.

Terlipressina mais albumina para tratamento da síndrome hepatorenal tipo 1

A terlipressina tem atividade vasoconstritora sistêmica e no sistema esplâncnico, o que pode levar a melhora da perfusão renal no paciente.

Pandemia reduz procura por consultas e exames de rastreio de neoplasias gastrointestinais

A pandemia de Covid-19 causou um impacto nos sistemas de saúde, especialmente nos atendimentos e exames direcionados a prevenção de doenças.

Cirurgia bariátrica em cirróticos é uma opção?

O manejo da obesidade entre pacientes cirróticos é um grande desafio e recentemente houve revisão de literatura sobre o tema.

Entrar | Cadastrar