Leia mais:
Leia mais:
Estudo PREVENTT: correção de anemia com ferro venoso no perioperatório não altera mortalidade
Qual a investigação inicial da anemia e quando encaminhar o caso ao hematologista?
Gravidade da anemia na gestação e desfechos adversos maternos e fetais
Anemia ferropriva: fisiopatologia e fatores de risco
Abordagem diagnóstica da anemia

A administração parenteral de ferro para tratamento de anemia aumenta o risco de infecção? 

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O uso de ferro por via intravenosa para o tratamento de anemia ferropênica é recomendado em muitas diretrizes clínicas devido à sua eficácia, garantindo rápida reposição dos estoques de ferro ou quando o ferro oral não pode ser adequadamente absorvido. O ferro é um íon essencial tanto para os mecanismos de imunidade do hospedeiro quanto para a replicação de determinados patógenos. E no contexto da inflamação, em um processo determinado imunidade nutricional, o ferro livre é retido, dificultando a proliferação de patógenos invasores. Em um caminho contrário, ao disponibilizar ferro por via endovenosa, aumenta-se os níveis de ferro circulante não ligado à transferrina e consequentemente promove-se o crescimento bacteriano, prejudicando o hospedeiro.  

Leia também: Whitebook: anemia ferropriva

A segurança do uso de ferro parenteral ainda é questionada devido aos dados conflitantes disponíveis na literatura, principalmente devido à sua relação incerta com a incidência de infecções. Em revisão sistemática com metanálise publicada no Journal of the American Medical Association (JAMA) tentou-se responder a esta pergunta: em pacientes que necessitam de tratamento com ferro endovenoso, qual é a evidência de que essa intervenção aumente o risco de se desenvolver uma nova infecção? 

O uso de ferro por via intravenosa para o tratamento de anemia ferropênica é recomendado em muitas diretrizes clínicas devido à sua eficácia.

Desenho do estudo 

Foi realizada uma revisão sistemática com metanálise de 154 ensaios clínicos randomizados que compararam ferro endovenoso com ferro oral, nenhum ferro ou placebo, publicados entre 1966 e janeiro de 2021, associada a estudos não randomizados que contemplassem dados sobre infecção, comparando ao menos dois grupos, publicados desde janeiro de 2007 (forma de aumentar a investigação de eventos adversos com população mais abrangente). Compuseram o estudo, um total de 32.920 pacientes, tendo como desfecho primário o risco de infecção e desfechos secundários as variações na hemoglobina sérica, necessidade de transfusão de hemácias, tempo de internação hospitalar e mortalidade a curto (≤ 30 dias) e longo prazos (> 30 dias). As medidas de associação foram relatadas como razões de risco (RRs) ou diferenças médias. 

Resultados 

O uso de ferro endovenoso foi associado a um risco aumentado de infecção quando comparado ao ferro oral ou nenhum ferro (RR 1,17; IC95% 1,04-1,31; p = 0,003; evidência de qualidade moderada), principalmente no subgrupo de pacientes com Doença inflamatória Intestinal (RR 1,73; IC95% 1,11-2,71; p = 0,02).  

O ferro endovenoso foi associado a um aumento na hemoglobina ao final do período de estudo quando comparado ao ferro oral ou nenhuma reposição de ferro (diferença média de 0,57 g/dl; IC 95% 0,50-0,64 g/dl; p < 0,001), além de melhor resposta ao tratamento, como por exemplo elevação da hemoglobina > 2 g/dl (a depender do estudo), quando comparado ao ferro oral ou nenhum ferro (RR 1,46. IC 95% 1,32-1,60; p < 0,001). 

Saiba mais: Anemia ferropriva na gestação – parte 1

O uso de ferro parenteral reduziu a necessidade de transfusão de concentrado de hemácias quando comparado ao ferro oral ou nenhum ferro (RR 0,93; IC95% 0,76-0,89; p < 0,001), além de reduzir a quantidade de média de transfusões quando comparado com nenhum ferro (diferença média de -0,20; IC95% -0,32 a -0,08 g/dl; p < 0,001). 

Não foram evidenciados dados com significância estatística para redução do tempo de internação hospitalar ou mortalidade de curto e longo prazo. 

Mensagem prática 

O uso de ferro parenteral foi associado a um risco aumento de infecções nesta revisão sistemática, mecanismo dotado de plausibilidade biológica, e deve ser considerado sempre ao se pesar riscos e benefícios no tratamento da anemia. Apesar de ser um estudo com uma amostra considerável de pacientes, a dificuldade de padronização no conceito de infecção nos artigos que o compõe faz com que o trabalho perca um pouco de sua força e mais pesquisas na área sejam necessárias. 

Referências bibliográficas:

  • Shah AA, Donovan K, Seeley C, et al. Risk of Infection Associated With Administration of Intravenous Iron – A Systematic Review and Meta-analysis. JAMA Network Open. 2021;4(11):e2133935. doi: 10.1001/jamanetworkopen.2021.33935.
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.