Covid-19: entidades médicas preparam força-tarefa para atuar em Manaus

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

A Associação Médica Brasileira (AMB) está convocando todas as sociedades filiadas para ajudar na criação de uma força-tarefa para atender em caráter de urgência às populações que estão sofrendo com a epidemia de Covid-19, como a de Manaus.

“O Brasil somos todos nós. Um só brasileiro em risco merece de cada um de nós a máxima atenção e imediato socorro. Os médicos, por seu compromisso com a saúde e a vida, já marcaram, na história do país, sua contribuição no combate a Covid-19, colocando, inúmeras vezes, a própria existência em risco. Mas sempre podemos mais, sempre é possível mais uma dose de doação; é o que fazemos agora com a Força-Tarefa AMB Covid-19”, pontua o presidente da Associação Médica Brasileira. César Eduardo Fernandes, no site da AMB.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) foi uma das entidades que aceitaram imediatamente a solicitação. “Recebemos o comunicado da AMB pedindo a divulgação do trabalho voluntário dos médicos nos locais em que a epidemia está em situação grave e prontamente estamos apoiando. Os endocrinologistas têm atendimento mais ambulatorial e podemos passar as orientações aos pacientes com comorbidades, como diabetes, hipertensão, insuficiência adrenal e uso de corticoide. Essa é nossa tarefa de apoio e orientação aos pacientes de doenças endócrinas e orientando-os sobre a importância da vacinação”, ressalta César Boguszewski, presidente da entidade.

Leia também: Fiocruz solicita à Anvisa registro definitivo de vacina contra a Covid-19

Covid-19: entidades médicas preparam força-tarefa para atuar em Manaus

Força-tarefa voluntária

Todo o projeto é de construção coletiva da Associação Médica Brasileira, de associações estaduais de médicos e de sociedades de especialidades médicas. A AMB está cadastrando, entrevistando e selecionando os médicos interessados, inclusive para garantir a segurança em saúde de todos.

Posteriormente, haverá um treinamento ministrado por alguns dos principais especialistas brasileiros para que a assistência seja de excelência e ocorra a possibilidade de efeito multiplicador.

Instituições de áreas distintas que desejam contribuir com a causa pró-brasileiros nos campos de logística ou financeiramente para aquisição de insumos básicos são bem-vindas.

Interessados para atuar na força-tarefa voluntária podem se inscrever através do link: https://amb.org.br/noticias/forca-tarefa-ambcovid-19/

Logística

Empresas com atuação logística no Amazonas também criaram uma força-tarefa para auxiliar o transporte de oxigênio a Manaus.

A Lothar Logística, por exemplo, está trabalhando com outras três companhias, entre elas a Bemol, uma das maiores redes de departamento da região. Elas convocaram os parceiros distribuidores com acesso a Manaus a entregarem oxigênio ao governo.

“O setor privado de logística precisa de forma unificada atuar com as Forças Armadas. Manaus produz 30 mil metros cúbicos de oxigênio por dia. A demanda chegou a 78 mil. A cidade é isolada porque apenas uma única estrada faz ponte com Amazonas, a BR-319, então ficamos à mercê do transporte rodofluvial. O lugar mais perto de Manaus está há cinco dias de distância”, diz Ricardo Lothar, presidente da empresa, em entrevista à Agência FolhaPress.

Saiba mais: Covid-19: Quais os cuidados necessários em crianças com doenças crônicas?

Nos últimos dias, os pacientes locais passaram a ser enviados a outros estados e o Governo Federal vai transferir 60 recém-nascidos a outras localidades. A Lothar também está mapeando com a Secretaria da Fazenda estadual o processo documental das doações realizadas pelo setor privado.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

Referências bibliográficas:

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar