Desfechos maternos após síndrome respiratória aguda grave comparando gestantes vacinadas e não vacinadas

Um estudo retrospectivo comparou evolução de doença grave e crítica de Covid-19 entre gestantes vacinadas e não vacinadas.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

No início de julho de 2021 o CDC americano reportou os primeiros casos da variante Delta causando Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-Cov-2) iniciando a quarta onda de casos. Áreas de baixos índices vacinais logo apresentaram altas taxas de infecções demonstrando o avanço da patologia mesmo entre pessoas com esquema completo de vacinação. A gestação por si é um fator de risco para doença grave de Covid-19. Um estudo retrospectivo publicado no Obstetrics & Gynecology de dezembro de 2021 estudou exatamente esse paradigma: comparar evolução de doença grave e crítica de Covid-19 entre gestantes vacinadas e não vacinadas.

Leia também: Novas infecções e risco de transmissão: qual o impacto da vacinação?

Uma coorte retrospectiva incluiu 10.092 gestantes, dessas, 1.332 estavam com seu esquema vacinal para Covid-19 completo com todas as doses até 15 dias do início do estudo (critério de inclusão), enquanto que 8.760 tinham o esquema incompleto ou não estavam vacinadas.

Desfechos maternos após síndrome respiratória aguda grave comparando mulheres vacinadas e não vacinadas

Foram considerados desfechos graves/severos:

  • Oximetria menor que 94% em ar ambiente;
  • Fração PaO2 /FiO2 menor que 300 mmHg;
  • Frequência respiratória maior que 30 mrm;
  • Área de infiltrado pulmonar maior que 50%.

Já os desfechos críticos:

  • Quadro de insuficiência respiratória;
  • Choque séptico;
  • Falência de múltiplos órgãos.

Os resultados mostraram associação de menores eventos críticos e severos entre as mulheres com esquema vacinal completo para Covid-19, durante a quarta onda de infecção pelo SARS-COV-2.

Ainda observaram baixas taxas vacinais entre gestantes (13,2%). Entre as não vacinadas houve prevalência entre as mulheres mais jovens, tabagistas, IMC mais baixo e raças declaradas como negras ou não hispânicas.

Saiba mais: Seria diferente o desfecho obstétrico entre gestantes com Covid-19 sintomáticas e assintomáticas?

Apesar dos anúncios e informações, é necessário que ginecologistas e obstetras reforcem a importância da vacinação em gestantes para Covid-19, grupo de risco que pode se beneficiar em muito evitando evolução grave para SARS-COV-2.

Referências bibliográficas:

  • Morgan JA, et al. Maternal Outcomes After Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2 (SARS-CoV-2) Infection in Vaccinated Compared With Unvaccinated Pregnant Patients. Obstetrics & Gynecology. 2022;139(Issue 1):107-109. doi: 10.1097/AOG.0000000000004621.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão