Litotripsia intravascular: uma opção terapêutica para lesões calcificadas - PEBMED

Litotripsia intravascular: uma opção terapêutica para lesões calcificadas

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Promotora de desfechos ruins após angioplastia, a calcificação intravascular é comum em nos leitos vasculares periféricos e coronarianos. As principais opções de tratamento são a ateroablação ou o balão de corte.

Leia também: Bloqueio atrioventriucular total em paciente sem veia cava superior, e agora?

Litotripsia intravascular: uma opção terapêutica para lesões calcificadas

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Litotripsia intravascular

A litotripsia é uma técnica utilizada para fragmentação de cálculos renais utilizando a pressão de ondas acústicas. Aparelhos de litotripsia sofreram modificações e foram implantados na ponta de um balão de angioplastia com o intuito de emitir ondas acústicas circunferencialmente nas lesões calcificadas. Os choques na placa de cálcio são capazes de induzir a sua fratura.

A modalidade terapêutica envolve um dispositivo único e estéril, o balão é inflado até uma pressão próxima a ideal para facilitar os tratamento. É emitido 1 pulso de onda por segundo. 

O uso destes dispositivos em artérias periféricas mostrou redução do diâmetro da estenose, principalmente em lesões moderadas a graves. Além disso esse procedimento pode ser utilizado para facilitar a passagem de cateteres calibrosos com os cateteres de troca valvar aórtica percutânea.

Saiba mais: Cardiomiopatia hipertrófica: veja os principais pontos da diretriz norte-americana

Mais de 600 pacientes foram testados ao redor do mundo com bons resultados em relação ao procedimento, facilitando o balonamento das lesões e a angioplastia, com uma taxa de sucesso maior que 90% e redução de eventos cardiovasculares em 30 dias.

Mensagem final

Mais testes são necessários e a melhoria da tecnologia implicada no método é esperada nessa terapia que parece promissora, podendo ter sua indicação ampliada para estenoses de stent, por exemplo.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Kereiakes DJ, Virmani R, Hokama JY, et al. Principles of Intravascular Lithotripsy for Calcific Plaque Modification. JACC Cardiovasc Interv. 2021;14:1275-1292. doi: 10.1016/j.jcin.2021.03.036

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar