Tag: esclerose múltipla

Covid-19 e esclerose múltipla: quais os principais posicionamentos e recomendações?

Diante desta pandemia de Covid-19, neurologistas e neurocientistas do mundo todo vem discutindo a dinâmica do uso de em pacientes com esclerose múltipla.

SUS disponibiliza fumarato de dimetila como primeira opção para esclerose múltipla

O fumarato de dimetila estará disponível pelo SUS também como opção para primeiro tratamento para portadores de esclerose múltipla remitente-recorrente.

TOP 5 neurologia: confira os artigos mais acessados de julho [PEBMEDCast]

No PEBMEDCast de hoje, Henrique Cal, neurologista, comenta os artigos mais acessados e compartilhados de Neurologia no mês de julho.

Disfunção cognitiva é indício importante em casos de esclerose múltipla

Segundo a National Multiple Sclerosis Society, mais da metade dos pacientes com esclerose múltipla poderão desenvolver problemas de disfunção cognitiva

Esclerose Múltipla e refrigerante estão relacionados? Descubra

Refrigerante ou bebidas ricas em açucares interferem nos sintomas de paciente com esclerose múltipla? Em março, a (AAN) publicou um estudo sobre este tema.

Chocolate quente pode ajudar pessoas com esclerose múltipla?

Pesquisadores do Reino Unido realizaram um estudo que avaliou os efeitos do chocolate na melhora da qualidade de vida dos pacientes com esclerose múltipla.

Oftalmoparesia internuclear bilateral secundária a esclerose múltipla: relato de caso

A oftalmoparesia internuclear é uma condição rara. As etiologias são diversas, mas se destacam as lesões vasculares e desmielinizantes.

Esclerose múltipla: como diagnosticar corretamente a doença?

O crescimento de diagnósticos presumidos de esclerose múltipla resulta no aumento de casos diagnosticados erroneamente.

Transplante de células-tronco impede progressão da esclerose múltipla

O primeiro grande estudo sobre transplante autólogo de células-tronco hematopoiéticas em EM remitente-recorrente mostrou resultados sem precedentes.

Esclerose múltipla: critérios de ressonância magnética para seu diagnóstico

A chave para o tratamento precoce da Esclerose Múltipla reside em um diagnóstico preciso nas fases iniciais, preferencialmente após sua primeira manifestação. No momento atual, uma oportunidade parece residir nos avanços tecnológicos na área de imagem por Ressonância Magnética.