Leia mais:
Leia mais:
AHA 2021: revascularização cirúrgica precoce pós-infarto é segura quando em uso de ticagrelor?
AHA 2021: um antídoto para o ticagrelor
Prasugrel melhor que ticagrelor no infarto com angioplastia
Adicionar ticagrelor ao AAS em paciente em pós-operatório de cirurgia cardíaca não tem benefício
Monoterapia com ticagrelor pode ser benéfica após angioplastia em pacientes com SCA? [ACC 2020]

AHA 2021: um antídoto para o ticagrelor

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O ticagrelor é um antiagregante plaquetário que atua como antagonista reversível do receptor P2Y12. Esta característica de reversibilidade, ao contrário de clopidogrel e prasugrel, permitiu o desenvolvimento de um anticorpo monoclonal inibidor da droga, chamado bentracimab.

No congresso da American Heart Association (AHA 2021), foi apresentado o estudo REVERSE-IT, que recrutou 150 pacientes em uso do ticagrelor e que necessitavam de reversão do agente: apenas oito por sangramento “maior” e outros 142 por necessidade de cirurgia ou procedimento invasivo de urgência. Os pacientes tinham idade média de 65 anos e 77% eram homens.

Resultados

Os resultados mostraram recuperação rápida da função plaquetária, medida por exame laboratorial, começando com 10 minutos da infusão. Além disso, utilizando um critério de hemostasia derivado do estudo GUSTO, 66% atingiram “boa hemostasia” em 24h e 34% “hemostasia moderada”.

Por outro lado, houve oito pacientes com episódios trombóticos. Os pesquisadores alegam que não foram relacionados à infusão do novo anticorpo, mas trata-se de um potencial efeito colateral e que precisará ser monitorado em estudos futuros.

A mensagem prática é: trata-se de um agente necessário, sem concorrentes no mercado e cujo lançamento é aguardado. Contudo, precisamos avaliar em estudos maiores se será eficaz (a redução do sangramento é o suficiente pra salvar o paciente?) e o risco de administração (não adianta salvar do sangramento se o risco de morrer de trombose for maior ainda).

Mais do AHA 2021:

Autor:

Referência bibliográfica:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.