Página Principal > Oncologia > Alimentação à base de produtos orgânicos diminui risco de câncer
câncer

Alimentação à base de produtos orgânicos diminui risco de câncer

Tempo de leitura: 2 minutos.

A boa alimentação é essencial para a qualidade de vida dos indivíduos. Uma dieta balanceada auxilia na prevenção de diversas enfermidades, como  hipertensãoobesidadediabetes, e inclusive há estudos que associam os efeitos benéficos de uma boa nutrição à profilaxia de depressão ou controle dos sintomas do transtorno, além de prevenir eventos cardiovasculares e melhorar o metabolismo, principalmente se ocorrer em conjunto com exercícios físicos ou prática esportiva.

Influência da alimentação orgânica no risco de câncer

O consumo de produtos orgânicos, alimentos cultivados sem acréscimo de agrotóxicos ou adubos químicos, pode ser um importante aliado contra o câncer. Uma pesquisa realizada na França constatou que a alimentação orgânica diminui os riscos de desenvolvimento de câncer a longo prazo.

Leia mais: Outubro rosa: quais os benefícios da atividade física no câncer de mama?

O levantamento foi realizado entre 2010 e 2016, e os resultados foram publicados em outubro de 2018 na revista Jama Internal Medicine. A análise prospectiva de coorte contou com 68.946 voluntários com idade média de 44,2 anos na base, 78% destes eram mulheres. Os participantes responderam a um questionário com informações alimentares sobre ingestão de produtos orgânicos, frequência no consumo e conteúdo da dieta. Com o resultado, foi elaborado um escore de alimentação orgânica que ia de zero a 32 pontos. O tempo de follow up foi em média de cinco anos.

Resutados

Ao final da pesquisa, ocorreram 1.340 casos de câncer, cuja prevalência foi de câncer de mama (459 incidentes), próstata (180), pele (135), colorretal (99), Linfoma não-Hodgkin (47) e outros linfomas (15). Participantes com maiores escores de ingestão de produtos orgânicos tiveram menor risco de desenvolver câncer de todos os tipos (Hazard ratio no quartil 4 vs quartil 1 foi de 0,75; IC 95% [0,63-0,88]; P = 0,001). O acréscimo de cada cinco pontos representou a diminuição de 0,6% no risco de câncer (hazard ratio 0,92; IC 95% [0,88-0,96).

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Baudry J, Assmann KE, Touvier M, et al. Association of Frequency of Organic Food Consumption With Cancer RiskFindings From the NutriNet-Santé Prospective Cohort StudyJAMA Intern Med. Published online October 22, 2018. doi:10.1001/jamainternmed.2018.4357

Um comentário

  1. antonio evaldo

    OTIMO.AHO QUE SERIA MELHOR DAR MAIS DETALHES SOBRE AS FRUTAS E LEGUMES.IMPORTANTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.