Antonio Lagoeiro

Graduado em medicina pela faculdade de Valença (1977) ⦁ Residência Médica (HGB 1977-1980) ⦁ Mestrado em Ciências Cardiovasculares (UFF-2010) ⦁ Doutor em Ciências Cardiovasculares da Universidade Federal Fluminense (2014) ⦁ Professor Adjunto de Clinica Médica e Semiologia da Universidade Federal Fluminense ⦁ Professor do Curso de Pós Graduação em Ciências Cardiovasculares da Universidade Federal Fluminense ⦁ Foi Presidente do Instituto de Seguro Social de Maricá (2001-2003) ⦁ Secretário Municipal de Saúde do Município de Maricá RJ (2003-2004) ⦁ Atua, principalmente, nos seguintes temas: cardiomiopatias, insuficiência cardíaca com fração de ejeção normal e diastologia.
animação de um coracao humano

As mudanças mais importantes na Cardiologia nos últimos anos

Nesse Dia Mundial do Coração, Dr. Antonio Lagoeiro fala sobre as mudanças mais importantes na Cardiologia nos últimos anos.

animação de articulações com dor

Doença reumática cardíaca: um problema mundial

A doença reumática cardíaca (DRC) é uma sequela da febre reumática aguda que, geralmente, é uma doença da pobreza associada a falta de saneamento básico e outros determinantes da má saúde.

EuroElso 2019

Uso de aspirina na prevenção secundária

Estudo observacional publicado em junho desse ano no Lancet mostra que o uso de aspirina para prevenção secundária está associado com um risco mais elevado do que o esperado.

caixa de remedios

Uso de warfarina e risco inicial de AVE em pacientes com FA

A fibrilação atrial (FA) é a arritmia cardíaca sustentada mais comum e está associada com um aumento significativo do risco de acidente vascular encefálico (AVE).

comprimidos diversos

Baixa aderência a estatinas após hospitalização por IAM: como mudar este quadro?

Um dos principais problemas no seguimento de pacientes que apresentaram um episódio de infarto agudo do miocárdio (IAM) é a continuação do uso de estatinas em altas doses.

ovos brancos em uma cesta

Fatores de risco cardiovasculares: impacto do consumo de ovos

Devido à pouca informação em relação ao consumo de ovos, recomendações são inconsistentes quanto à sua relação com o risco de doenças cardiovasculares.

Como a hipertensão arterial e o consumo de álcool estão relacionados

A hipertensão arterial compromete cerca de um bilhão de pessoas em todo o mundo, sendo considerada uma fator de risco importante.

medicamentos sobre a mesa

Dúvidas sobre o uso de betabloqueadores em pacientes com insuficiência cardíaca e fibrilação atrial

Um novo estudo sugere que betabloqueadores reduzem o risco de todas as causas de morte, mas não as hospitalizações em pacientes com IC e FA.

coração e sinais vitais

Devemos usar estatinas na prevenção primária das doenças cardiovasculares após os 40 anos?

A prevenção primária de fatores de risco, entre eles a dislipidemia, para redução das doenças cardiovasculares (DCV) é de importância para a saúde pública.

Existe risco de perda de memória com o uso prolongado de estatinas?

Uma das grandes dúvidas entre os médicos seria que o uso de estatinas por tempo prolongado poderia causar perda de memória.