Catarina De Marchi Assunção

Formada em Medicina pela Universidade Positivo em 2012 ⦁ Residência médica em Neurologia pelo Hospital da Cruz Vermelha Brasileira, filial do Paraná. ⦁ Atualmente trabalha como neurologista no Hospital Angelina Caron, onde também é preceptora da residência de Neurologia.

Lesões corticais na ressonância: o que neurologista precisa saber?

Abordar lesões corticais por meio dos exames de ressonância magnética permite ao neurologista balizar o diagnóstico de maneira refinada.

AVC isquêmico: escore PREMISE é confiável na previsão do risco de morte?

O escore PREMISE se mostra novo aliado para o neurologista, pois é atualizado para estimativa dos riscos de mortalidade de AVC isquêmico. Mas é confiável? Descubra

Infecções pós AVC: vale a pena prevenir com antibióticos?

A complicação pós-AVC com ocorrência de infecções atinge de 15% a 30% dos pacientes, sendo as pneumonias e as infecções urinárias as causas mais comuns.

Qual é a relação entre diabetes e Doença de Alzheimer?

Achados de algum grau de glicemia elevada em jejum alterada ou até DMT2 são encontrados em até 80% de pacientes com Doença de Alzheimer.

Punção lombar: como evitar riscos de eventuais hemorragias

Sabe-se que o risco de sangramento pós punção lombar é potencialmente maior no caso da dupla antiagregação plaquetária. Saiba como evitar o problema.

AVC após procedimentos cardíacos: como prevenir e, se possível, tratar?

O reconhecimento e tratamento adequado do acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico ou hemorrágico impacta diretamente na morbimortalidade dos pacientes.

Meu paciente jovem teve um AVC, e agora?

O acidente vascular cerebral (AVC) também ocorre em neonatos, crianças e adultos jovens, resultando em morbidade e mortalidade importantes.