Página Principal > Psiquiatria > Dia da Saúde Mental: Brasil é campeão em depressão na América Latina

Dia da Saúde Mental: Brasil é campeão em depressão na América Latina

Tempo de leitura: 3 minutos.

Nesta quarta (10) é celebrado o Dia da Saúde Mental, criado pela World Federation for Mental Health em 1992 com o intuito de conscientizar sobre os riscos das doenças mentais e alertar para o tratamento adequado. Uma das doenças mentais mais recorrentes é a depressão, que caracteriza-se por humor depressivo e/ou falta de interesse, anedonia, pensamentos e sentimentos negativistas e lentidão psicomotora.

OMS e Dia da Saúde Mental

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o distúrbio acomete mais de 300 milhões de pessoas ao redor do mundo e os casos vêm aumentando nos últimos anos. Conforme dados da instituição, entre 2005 e 2015 os diagnósticos da doença mental cresceram 18%.

O Brasil é o campeão em incidência de depressão na America Latina e ocupa o segundo lugar geral nas Américas. No ano passado, 5,8% dos brasileiros foram diagnosticados com o transtorno, um total de 11,5 milhões de pessoas. Em todo continente, o país só perde para os Estados Unidos, cuja incidência é de 5,9%, totalizando 17,4 milhões de americanos.

Leia mais: Qual é o melhor antidepressivo para adultos? Estudo compara 21 fármacos

A depressão não é só a mais comum entre as doenças mentais como também é uma das mais agressivas. Conforme relatório da OMS, até 2020 o distúrbio será o principal causador de incapacidade em todo o planeta. Os perigos da depressão são inúmeros e, segundo a entidade, podem gerar consequências diversas, como uso de entorpecentes, comportamento antissocial, alcoolismo e suicídio, principalmente em jovens entre 15 e 19 anos.

Saúde Mental de Médicos e Estudantes

A classe médica é o quinto grupo profissional mais exposto à depressão e/ou outros distúrbios, como o estresse e a síndrome de Burnout. A rotina estressante, casos de morte de pacientes, falta de tempo, arrependimentos com a carreira são alguns dos fatores que podem deixar o médico depressivo.

Leia mais: Um olhar em meio ao caos: reflexão sobre a profissão do médico

Os estudantes de Medicina também estão vulneráveis ao desenvolvimento de algum quadro depressivo devido ao ritmo das provas, a intensidade dos estudos e o volume de exigências e expectativas relacionadas à formação. Um estudo nacional realizado recentemente, mostrou que a incidência de doenças mentais entre estudantes de Medicina pode chegar a 50%. A estimativa é de que a depressão atinja um entre quatro alunos deste curso no Brasil.

Médico também precisa cuidar da Saúde Mental

O médico também precisa cuidar da saúde mental e algumas dicas podem ajudar o profissional de saúde a manter a mente sã:

  • Se alimente bem. Mesmo na correria do plantão, não deixe de lado uma alimentação balanceada;
  • Pratique exercício. Colocar o corpo em movimento de forma regular também contribui para a saúde emocional;
  • Tente respeitar seus horários de sono, pois noites mal dormidas podem agravar quadros depressivos. Apesar das poucas horas disponíveis para dormir por causa da rotina hospitalar, o médico deve se atentar a esse aspecto;
  • Dê atenção aos seus familiares e amigos, não se afaste;
  • Faça algum esporte nos tempos livres;
  • Tenha um hobby que lhe distraia, como pintura, música, xadrez, etc;
  • Participe de atividades voluntárias, aqui na PEBMED temos um programa de voluntariado que ajuda instituições de caridade. Participe!

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Um comentário

  1. Por ideologia, místicos deixaram a psiquiatria brasileira aos frangalhos. Mas existe uma lei que é universal : Ação e reação! Quem se espanta com esse fato, saiba que a sociedade brasileira apenas colhe seus frutos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.