Página Principal > Saúde Pública > Dia Mundial da Luta Contra a AIDS: veja os principais estudos de 2017
linha da vida com estetoscópio médico

Dia Mundial da Luta Contra a AIDS: veja os principais estudos de 2017

Segundo estimativas mais recentes do UNAIDS (Joint United Nations Program on HIV/AIDS), o Brasil é o país da América Latina que mais concentra casos de novas infecções por HIV. Nesse 1° de dezembro é comemorado o Dia Mundial da Luta Contra a AIDS e, para te manter sempre atualizado, separamos aqui os principais artigos publicados esse ano no Portal da PEBMED sobre o tema:

Crianças e adolescentes que vivem com HIV/AIDS experimentam alterações significativas na resposta imune específica, por isso, a vacinação nessa população é um desafio para os médicos. Veja aqui o calendário vacinal recomendado.

O tratamento antirretroviral tem avançado bastante desde seu início. Naquela época, a grande a quantidade de comprimidos diários dava origem ao “coquetel” e tínhamos disponível apenas o AZT, no final dos anos 80. Leia nossa revisão aqui.

Em agosto, o MS divulgou a nova Relação Nacional de Medicamentos Essenciais, que agora inclui uma alternativa para o tratamento da AID. Saiba mais aqui.

O câncer continua a ser uma causa importante de morbidade e mortalidade em pessoas com HIV em terapia antirretroviral efetiva. Entenda tudo aqui.

As estratégias de prevenção para DCV podem oferecer importantes benefícios na saúde para pacientes com HIV e devem ser avaliadas. Veja aqui tudo sobre esse risco.

De acordo com os resultados do estudo LATTE-2, publicados no The Lancet, a combinação de dois medicamentos injetáveis de longa ação, como cabotegravir e rilpivirina a cada 4 semanas ou a cada 8 semanas, foi tão eficaz quanto a terapia oral diária de três fármacos na manutenção da supressão viral do HIV-1 durante 96 semanas. Leia o estudo completo nesse link.

Novos conhecimentos a respeito da redução de risco de transmissão sexual do HIV pelo emprego de estratégias combinadas ao uso de antirretrovirais ampliam as possibilidades de intervenção para casais sorodiscordantes. Veja aqui.

Em maio, o Ministério da Saúde publicou o protocolo para utilização da PrEP (Profilaxia Pré-exposição) do HIV. Leia com detalhes aqui.

Mais um grupo de pesquisadores está tendo resultados positivos na luta contra o HIV. A eliminação do vírus foi completa em um experimento com animais vivos. Relembre os resultados aqui.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *