Página Principal > Cardiologia > TOP 10: os artigos de abril que você não pode deixar de ler
artigos medicos

TOP 10: os artigos de abril que você não pode deixar de ler

Entre os artigos mais acessados do mês de abril, estão desafios para testar seus conhecimentos, novidades sobre CID no atestado médico, novo suporte psiquiátrico e psicológico a residentes e estudantes de Medicina e muito mais. Confira abaixo!

1. Quiz: qual é o diagnóstico desta alteração na radiografia de tórax?

Paciente de 45 anos realizou tireoidectomia total, em seguida seu quadro piorou e ela precisou fazer uma traqueostomia. Transferida para a enfermaria, a mulher apresentou insuficiência respiratória. A avaliação da equipe médica identificou murmúrio vesicular bilateralmente discreto e hipertimpanismo bilateral. Qual é o diagnóstico? Confira aqui.

2. Atestado médico: CID não é necessário para abono de falta

A CID é uma relação de doenças identificadas por meio de códigos, organizada pela OMS, com objetivo de monitorar dados estatísticos. Existe uma certa polêmica sobre a necessidade de informar o CID em atestados médicos. A decisão mais recente do Tribunal Superior do Trabalho afirmou a ilegalidade da cobrança. Ficou decidido que a relação médico-paciente irá prevalecer e o CID não deverá ser cobrado como requisito para a validade do atestado médico e abono de faltas. Entenda o que muda nesse link.

3. Como diagnosticar infarto do miocárdio no ECG se o paciente tiver BRE?

Uma das apresentações do eletrocardiograma (ECG) em uma síndrome isquêmica aguda (SIA) pode incluir um bloqueio completo ou do terceiro grau do ramo esquerdo. E você sabe como usar o ECG nesse caso para diagnosticar um infarto do miocárdio com supradesnível do segmento ST (IMCSST)? Veja tudo aqui.

4. Lombalgia: atualização sobre o manejo de pacientes com dor lombar

A dor lombar é um distúrbio osteomuscular que afeta grande parte da população economicamente ativa. Dependendo da gravidade, a lombalgia pode provocar importante incapacidade física, afastamento do trabalho, aposentadoria precoce e o comprometimento das atividades da vida diária. A maioria dos casos apresenta-se de forma inespecífica e muitas vezes com origem multifatorial que inclui fatores de riscos intrínsecos e extrínsecos ao paciente. A abordagem conservadora é a primeira linha de ação. Saiba mais sobre o manejo nesse link.

5. Veja os riscos de consumir suplementos sem praticar exercícios físicos

Com os brasileiros cada vez mais aderindo ao uso dos suplementos nutricionais, o tema tem gerado um interesse maior por parte dos profissionais de saúde e pesquisadores. Um estudo realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad) em parceria com a Associação Brasileira das Empresas do Setor Fitoterápico, Suplemento Alimentar e de Promoção da Saúde (Abifisa) e a Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri), revela que os alimentos enquadrados em suplementos alimentares fazem parte do cotidiano de mais de 54% dos brasileiros. O número está entre os maiores do mundo e já se aproxima dos Estados Unidos, um dos maiores mercados do planeta, onde 68% da população fazem uso destes produtos na rotina diária. Saiba mais sobre os riscos do consumo de suplementos sem a prática de exercícios aqui.

6. Projeto prevê que instituições ofereçam suporte psiquiátrico e psicológico a residentes e estudantes de Medicina

Estudantes de Medicina e residentes poderão ter assistência psiquiátrica e psicológica, segundo o Projeto de Lei do Senado 157/2017. A obrigação de dar o suporte será das instituições aos quais os residentes estão vinculados, como hospitais universitários e universidades. O projeto tramita em decisão terminativa na Comissão de Assuntos Sociais. Saiba mais sobre nesse link.

7. Quiz: qual é o nome desta alteração nas unhas e o que a causou?

No quiz de hoje vamos abordar o caso de uma paciente de 70 anos que desenvolveu uma manifestação clínica e cujos efeitos levaram a uma patologia nas unhas. Consegue dizer qual é a doença original e o nome desta alteração ungueal? Veja tudo aqui.

8. Nova técnica avalia idade biológica das artérias através da pressão central

A velocidade com que o sangue sai do coração e a resistência das artérias à passagem desse sangue são determinadas pela rigidez das paredes dessas artérias. E isso pode ser avaliado através da pressão central, uma técnica que utiliza a medida da onda de pulso gerada a partir de cada batimento do coração. Entenda aqui.

9. As 5 doenças dermatológicas que todo clínico deve conhecer

Quem nunca conheceu um doutor mais idoso do interior do nosso país que atende emergências oftalmológicas e faz parto, que realiza apendicectomia e engessa fratura de metatarso? Felizmente, o avanço da medicina a subdividiu em diversas especialidades e subespecialidades, permitindo que cada profissional busque sempre ser o melhor em sua área do conhecimento. Confira aqui as 5 doenças dermatológicas que todo clínico deve conhecer.

10. Falso abdome agudo: como diagnosticar e evitar a laparotomia branca?

Quem trabalha diariamente na emergência ou até, eventualmente, em esquemas de plantões, sabe que nem todo quadro de abdome agudo é cirúrgico. Eu mesma, infelizmente, já vi algumas laparotomias brancas realizadas em pacientes de difícil diagnóstico. Esse tema sempre foi bastante polêmico, logo não se engane em acreditar que é o único cirurgião que indicou uma cirurgia erroneamente. Confira mais sobre o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.