Leia mais:
Leia mais:
Uso de apixabana na síndrome antifosfolípide (SAF): resultados do estudo ASTRO-APS
Quais são as manifestações oculares mais frequentes na síndrome antifosfolípide (SAF) primária?
Existe associação entre a síndrome antifosfolípide e a ocorrência de infertilidade?
Genéricos de Eliquis (apixabana) são aprovados nos EUA
Apixabana pode ser usada com qualquer peso?

Uso de apixabana na síndrome antifosfolípide (SAF): resultados do estudo ASTRO-APS

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A síndrome antifosfolípide (SAF) é a trombofilia adquirida mais frequente e se caracteriza pela ocorrência de eventos trombóticos e/ou gestacionais na presença persistente de anticorpos antifosfolípides (aPL). O tratamento padrão para pacientes com SAF trombótica é a anticoagulação com antagonistas da vitamina K (AVK) por toda a vida.

Leia também: Genéricos de Eliquis (apixabana) são aprovados nos EUA

Uso de apixabana na síndrome antifosfolípide (SAF) resultados do estudo ASTRO-APS

Contexto do estudo

Devido às grandes interações alimentares e medicamentosas da varfarina e sua constante necessidade de monitorização laboratorial para garantir uma boa anticoagulação, vários novos anticoagulantes orais inibidores diretos da trombina e a do fator Xa (DOACs) foram lançados no mercado para tratamento de diversas condições, como trombose venosa profunda (TVP), tromboembolismo pulmonar (TEP) e fibrilação atrial (FA). O sucesso do uso dos DOACs nessas outras condições trombóticas levantou a possibilidade para o uso dessas medicações na SAF. 

Estudos prévios com a rivaroxabana

Diversos estudos com a rivaroxabana, um inibidor direto do fator Xa, falharam em demonstrar que essa medicação é não-inferior ao uso de varfarina. Aqui destaco o estudos RAPS, TRAPS e um realizado na Espanha. Em todos eles, o uso da rivaroxabana foi inferior à varfarina, levando em conta desfechos clínicos e laboratoriais. O TRAPS foi, inclusive, interrompido precocemente pelo excesso de risco de eventos arteriais no grupo da rivaroxabana (4 AVC e 3 IAM nos pacientes em uso de rivaroxabana vs. nenhum no grupo varfarina).

Estudo ASTRO-APS

Esse estudo era o único ensaio clínico em andamento a utilizar o inibidor do fator Xa apixabana (vs. varfarina) em pacientes com SAF trombótica. A dose utilizada de apixabana foi de 2,5 mg de 12/12 horas, inicialmente. No entanto, foi identificado um risco aumentado de eventos arteriais não previsto nesses pacientes, o que gerou a necessidade de 2 modificações de protocolo (aumento da dose para 5 mg de 12/12 horas e necessidade de realização de RM de encéfalo, com posterior exclusão dos pacientes com eventos arteriais).

Saiba mais: Apixabana pode ser usada com qualquer peso?

Resultados do ASTRO-APS

Foram incluídos 23 pacientes no grupo apixabana e 25 pacientes no grupo varfarina (alvo 2-3). O desfecho primário composto por eventos vasculares ou morte de etiologia vascular ocorreu em 6 pacientes (26%) do grupo apixabana (foram identificados 6 AVC isquêmicos) vs. nenhum no grupo varfarina, ao longo do período de seguimento de 12 meses. O número de eventos foi semelhante em pacientes que estavam em uso de 2,5 mg de 12/12 horas e 5 mg de 12/12 horas, ambos com 3 AVCi cada. Por esse motivo, o estudo teve que ser terminado prematuramente após a inclusão do paciente de número 48.

Comentários

Os resultados do ASTRO-APS reforçam o conceito de que os DOACs não devem ser utilizados como tratamento de rotina em pacientes com síndrome antifosfolípide (SAF). Caso o paciente esteja em uso dessas medicações, é boa prática realizar a troca para varfarina. Nos casos em que o paciente possua contraindicação ao uso de varfarina e não seja apropriado o uso de enoxaparina subcutânea, o uso dos DOACs deve ser feito de maneira cautelosa e com acompanhamento clínico frequente do paciente.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Woller SC, Stevens SM, Kaplan D, et al. Apixaban compared with warfarin to prevent thrombosis in thrombotic antiphospholipid syndrome: a randomized trial. Blood Adv. 2021 Oct 18;bloodadvances.2021005808. doi: 10.1182/bloodadvances.2021005808
  • Cohen H, Hunt BJ, Efthymiou M, Arachchillage DRJ, Mackie IJ, Clawson S,et al. Rivaroxaban versus warfarin to treat patients with thromboticantiphospholipid syndrome, with or without systemic lupus erythematosus(RAPS): a randomised, controlled, open-label, phase 2/3, non-inferiority trial.Lancet Haematol [Internet] 2016;3:e426–36. doi: 10.1016/S2352-3026(16)30079-5.
  • Pengo V, Denas G, Zoppellaro G, Jose SP, Hoxha A, Ruffatti A, et al.Rivaroxaban vs warfarin in high-risk patients with antiphospholipidsyndrome. Blood. 2018;132:1365–71
  • Ordi-Ros J, Sáez-Comet L, Pérez-Conesa M, Vidal X, Riera-Mestre A,Castro-Salomó A, et al. Rivaroxaban versus vitamin K antagonist inantiphospholipid syndrome. A randomized noninferiority trial. AnnIntern Med. 2019. doi: 10.7326/M19-0291.
  • Balbi GGM, Pacheo MS, Monticielo OA, et al. Antiphospholipid Syndrome Committee ofthe Brazilian Society of Rheumatologyposition statement on the use of direct oralanticoagulants (DOACs) in antiphospholipidsyndrome (APS). Adv Rheumatol. 2020;60:29.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.