Página Principal > Oncologia > Outubro Rosa: veja em nosso resumo tudo sobre o câncer de mama
Outubro Rosa

Outubro Rosa: veja em nosso resumo tudo sobre o câncer de mama

Tempo de leitura: 2 minutos.

Neste mês comemoramos o Novembro Azul, que conscientiza sobre a mortalidade do câncer de próstata nos homens. Esta campanha é posterior ao Outubro Rosa, que alerta a população sobre a importância da prevenção e tratamento do câncer de mama. Aqui no Portal PEBMED publicamos matérias bastante interessantes sobre câncer de mama, tema considerado de saúde pública não só no Brasil como no restante do mundo.

Começamos o mês passado falando dos casos de mortalidade do câncer de mama, de acordo com as estimativas da Global Cancer Statistics 2018 (GLOBOCAN) e do Instituto Nacional do Câncer (INCA), com a notícia Outubro Rosa: INCA prevê 59.700 novos casos de câncer de mama no Brasil. Além dos números alarmantes, detalhamos os fatores de risco para a doença e os perfis mais propensos ao desenvolvimento da neoplasia mamária; mencionamos que a doença não acomete somente as mulheres, mas que os homens também podem ser vítimas, apesar de serem minoria neste caso.

Leia mais: Novembro azul alerta para prevenção do câncer de próstata

Na nossa publicação semanal sobre conteúdos do Whitebook, separamos informações valiosas sobre como identificar o câncer de mama, qual maneira realizar o exame físico e de que forma a doença se manifesta clinicamente. Em Outubro Rosa: saiba como identificar e tratar o câncer de mama, você fica informado sobre quais exames aplicar e como realizar o rastreamento de acordo com a Classificação BIRADS.

Já quase no fim de outubro, o especialista em Medicina do Esporte e colunista do Portal PEBMED  Renato Bordingnon detalhou os benefícios da prática esportiva e dos exercícios físicos na diminuição dos riscos de contrair o câncer de mama, além da redução da mortalidade em pacientes diagnosticadas com a neoplasia. Em Outubro rosa: quais os benefícios da atividade física no câncer de mama?, nosso colunista apresentou os resultados de uma pesquisa realizada pela American Cancer Society (ACS), que constatou que “a atividade física, em qualquer nível, no pós-diagnóstico é capaz de reduzir a mortalidade em pacientes com câncer de mama em aproximadamente 30%, (…) e que as mulheres fisicamente ativas têm de 10 a 20% menos risco de câncer de mama do que as inativas.

No penúltimo dia de outubro, publicamos uma notícia sobre as novas orientações da American Society of Clinical Oncology (ASCO) para o tratamento de câncer de mama em pacientes identificadas como portadoras do receptor tipo 2 do fator de crescimento epidérmico humano (HER2), que faz com que a doença evolua mais rapidamente. Em Câncer de mama: confira nova diretriz para manejo de pacientes HER2+, revelamos o que teve de novo no guideline direcionado a oncologistas, cirurgiões, enfermeiros e profissionais de saúde.

Fique ligado, pois no fim do mês faremos um resumo das notícias publicadas no Portal PEBMED sobre o Novembro Azul e o câncer de próstata. Não perca!

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.