Leia mais:
Leia mais:
A associação covid-19 e diabetes mellitus gestacional aumenta o risco de desfechos desfavoráveis
Identificada em São Paulo subvariante inédita da covid-19
ATS 2022: Diretrizes para pesquisa de agentes virais não influenza em PAC
Doação de leite humano é impactada negativamente pela Covid-19, segundo estudo
Hepatite: Existe risco pós-vacina contra covid-19?

CROI 2022: Covid-19 e sua relação com carga viral, vacinação e variantes

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Mesmo sendo uma conferência voltada para retrovírus e infecções oportunistas, o SARS-CoV-2 não deixou de ter seu espaço nessa edição do CROI. Uma sessão dedicada ao tema abordou aspectos em relação à carga viral, gravidade de doença e o impacto de vacinação e das variantes na dinâmica do vírus.

carga viral

Carga viral, sintomas e transmissão

A relação entre a carga viral, sintomas e transmissibilidade de SARS-CoV-2 vem sendo estudada desde o início da pandemia, com diversos resultados já publicados. 

Um estudo britânico recente, em que 18 voluntários foram inoculados com SARS-CoV-2 e foram acompanhados em relação ao desenvolvimento de sintomas e a carga viral em amostras nasais e de nasofaringe. Os resultados demonstraram o que outras evidências já apontavam: carga viral detectável inicia na fase pré-sintomática, em média três dias após a inoculação e com duração de aproximadamente uma semana, indicando um risco de transmissão antes mesmo do início dos sintomas. O pico de carga viral foi mais precoce nas amostras de nasofaringe do que nas nasais.

Uma grande questão em relação aos estudos de SARS-CoV-2 que avaliam fatores relacionados à transmissibilidade é o fato de que testes podem permanecer positivos por longos períodos, sem necessariamente significar replicação de vírus viáveis, e o período em que um indivíduo infectado é capaz de transmitir o vírus é, em geral, mais limitado. Um estudo conduzido em Taiwan, por exemplo, avaliou 2.761 contatos de 100 casos confirmados de Covid-19 e encontrou que nenhum caso secundário nos 852 contatos em que a exposição ocorreu mais de cinco dias após o início de sintomas do caso índice.

Um aspecto interessante abordado foi a relação entre carga viral e presença de sintomas. Evidências de dados norte-americanos demonstram que crianças tendem a ser menos sintomáticas do que adultos. Entretanto, ao se comparar a carga viral entre indivíduos sintomáticos e assintomáticos, os resultados foram semelhantes entre crianças e adultos, com indivíduos sintomáticos apresentando maior carga viral do que os assintomáticos. O apresentador aponta que esse pode ser um dos motivos que justifica o fato de crianças estarem associadas a menor transmissão de Covid-19, uma vez que são mais frequentemente assintomáticas.

Considerações

Quando se avaliam as diferentes variantes, comparações entre a delta e a ômicron não demonstraram diferença nos níveis de carga viral em indivíduos infectados por cada variante. Isso aponta que a diferença na transmissibilidade entre essas duas variantes, com a ômicron sendo reconhecidamente mais transmissível, não é explicada por diferenças entre a carga viral alcançada por cada variante. Uma possível explicação para a maior transmissibilidade da ômicron seria sua capacidade de invadir a célula por duas vias diferentes, aumentando as oportunidades de estabelecer infecção.

Essas evidências são corroboradas por estudos de casos de surtos, que indicam que a maioria das transmissões ocorre próximo ao início dos sintomas e que clusters estão associados a indivíduos altamente infectantes com um grande número de contatos em ambientes fechados e sem adoção de medidas protetivas, como uso de máscaras e distanciamento social.

Estamos acompanhando o CROI 2022. Fique ligado no Portal PEBMED!

Mais do evento:

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.