Diego Cerqueira

Membro do Comitê Editorial de Dermatologia da Cambridge Scholars Publishing ⦁ Médico em Terapia Intensiva no HNMD ⦁ Graduação em Medicina pela UFF

Estratégia analgésica no pós-operatório: o que devo considerar?

A relação médico-paciente é de extrema importância para definir a melhor estratégia analgésica pós-operatória.

Constipação induzida por opioides: uma realidade da prática clínica

Como primeira linha no tratamento da constipação induzida por opioides, a maioria dos estudos apontam a utilização de laxativos.

Como manejar o paciente politraumatizado na UTI?

Os profissionais da UTI devem ter em mente que as principais causas de morte são choque hemorrágico e lesão cerebral traumática.

Como realizar manejo e monitorização no paciente gravemente queimado?

O desafio do manejo do paciente gravemente queimado é a manutenção da estabilidade hemodinâmica, após a perda volêmica e a resposta inflamatória. Saiba mais:

Conheça novas recomendações da diretriz para Dor, Sedação e Delirium

Especialistas de vários países reuniram-se e deram origem à nova diretriz, focada em Dor, Agitação/Sedação, Delirium, Imobilidade e Sono (PADIS, do inglês). Conheça os keypoints.

Pantoprazol deve ser usado para prevenção da úlcera de estresse na UTI?

Pacientes graves na UTI estão sob risco de sangramento gastrointestinal relacionado à úlcera de estresse. Será que o pantoprazol é uma boa alternativa?

Terapia de reposição volêmica: como funciona e qual escolher?

A escolha de qual fluido administrar tem gerado debates, mas a reposição volêmica deve ser individualizada de acordo com as necessidades de cada paciente.

Síndromes paraneoplásicas dermatológicas: a pele como mapa tumoral

Foi observado que a pele também pode ser sítio de manifestações de tumores malignos. Essas manifestações podem ser classificadas em diretas e indiretas.

Quais são as condições dermatológicas mais comumente encontradas no CTI?

A prática da dermatologia é baseada no cenário ambulatorial. No entanto, o conhecimento dermatológico ainda é necessário para pacientes internados.

Como diagnosticar e tratar a dermatite seborreica?

A dermatite seborreica caracteriza-se por inflamação crônica da pele que surge em áreas de grande densidade de glândulas sebáceas.