Eduardo Cal Ferrari

Graduação em medicina pela Universidade do Oeste Paulista ⦁ Residência médica em Clínica Médica pela UFMS ⦁ Residência médica em Cardiologia pela UFMS ⦁ Arritmia Clínica pelo IMC de São José do Rio Preto/SP.

Clortalidona x hidroclorotiazida no tratamento da hipertensão arterial

O estudo que vamos citar teve como objetivo avaliar os resultados entre os usos de clortalidona e hidroclorotiazida no tratamento da hipertensão arterial.

Uma revisão sobre a displasia arritmogênica do ventrículo direito

Algumas arritmias tem o potencial de causar morte súbita, sendo uma delas a displasia arritmogênica do ventrículo direito (C/DAVD).

Arritmias cardíacas: como manejar as taquicardias atriais?

As arritmias cardíacas são diversas, provenientes de varias regiões do coração, sendo que hoje falaremos um pouco das taquicardias atriais.

Hipertensão arterial em pacientes negros: combinações terapêuticas

Pacientes negros africanos tem alta prevalência de hipertensão e, muitas vezes, necessitam de mais de um medicamento para o controle da pressão arterial.

Modelo Utstein para parada cardíaca no hospital

O modelo Utstein analisou a incidência de parada cardiopulmonar, fornecendo dados para comparar o atendimento e resultados. 

Fibrilação atrial: uso filtro percutâneo permanente pode prevenir AVC?

Pacientes portadores de fibrilação atrial (FA), com elevada pontuação no escore de CHADSVASC, possuem uma grande chance de apresentar AVC.

Extrassístoles ventriculares não tratadas com função ventricular preservada

Publicado em julho de 2019, um estudo acompanhou pacientes com extrassístoles ventriculares e com fração de ejeção normal sem tratamento específico.

Extrassístoles ventriculares em pacientes com fração de ejeção normal: Tratar ou não?

Estudo de 2019 avaliou a necessidade de tratamento ou não de extrassístoles ventriculares em pacientes com fração de ejeção ventricular normal.

Insuficiência Cardíaca: fração de ejeção reduzida em quem tem doença renal avançada

Estudo buscou iniciativas para reduzir morbimortalidade em paciente com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida associado com doença renal.

CDI em pacientes com insuficiência cardíaca sistólica não isquêmica

Estudo avaliou a eficácia do implante de cardiodesfibrilador em paciente com insuficiência cardíaca de etiologia não isquêmica.

Entrar | Cadastrar