Gabriel Quintino Lopes

Sou médico clínico geral e cardiologista, atualmente atuando na área de terapia intensiva, ambulatorial, assistência em enfermaria e coordenação médica. Trabalho no Hospitais Santa Casa em Barra Mansa e na Unidade Cardiointensiva do Hospital São Lucas em Copacabana.

Mesmo revertendo o ritmo de FA, o risco de eventos embólicos ainda é alto. Saiba o porquê

Os eventos embólicos são importantes causas de morbimortalidade em pacientes com fibrilação atrial, sendo o mais comum o AVC isquêmico.

Avaliação ergoespirométrica em pacientes pós-Covid-19 com dispneia inexplicada

Estudo publicado no JACC resolveu testar pacientes com dispneia inexplicada pós-Covid-19 no teste cardioexpirométrico.

Terapia com dupla antiagregação plaquetária pós-angioplastia mais curta mostra resultados não inferiores a padrão

Pacientes que se submetem a angioplastia por doença arterial coronariana necessitam de dupla antiagregação para evitar a trombose de stent.

AHA 2021: finerenona e sotagliflozina – dois medicamentos promissores ainda distante de nós

A sotagliflozina é a única droga capaz de inibir os dois transportadores de sódio e glicose no rim proximal

AHA 2021: EMPULSE demonstra novamente benefícios da empagliflozina na insuficiência cardíaca

O estudo EMPULSE, apresentado no AHA 2021, testou a empagliflozina em pacientes internados com insuficiência cardíaca descompensada.

O risco de arritmias ventriculares e prolongamento do intervalo QT com quimioterápicos

Um estudo levantou todas as drogas relacionadas à indução de prolongamento do intervalo QT, torsade de pointes e arritmias ventriculares.

Caso clínico: Paciente de 70 anos com dor lancinante na perna

Paciente hipertenso mal controlado procura atendimento com dor na perna. Refere já ter dor na perna de longa data. Qual o diagnóstico?

Tabagismo: Combinação de medicamentos são eficazes no tratamento?

Diversas drogas foram implicadas no tratamento do tabagismo com diferentes taxas de sucesso. Um estudo comparou a eficácia de algumas delas.

Quiz: Paciente idosa e asmática sem tratamento dá entrada na emergência. Qual o diagnóstico?

Paciente idosa e asmática sem tratamento dá entrada na emergência com queixa de dispneia com piora nas últimas horas. Qual o diagnóstico?

Manejo da Trombose Venosa Profunda: 10 keypoints

10 keypoints no manejo da Trombose Venosa Profunda, atualização e complementação de artigo publicado no Portal PEBMed em outubro de 2018.