CROI 2021: PrEP para HIV – o que podemos esperar para o futuro?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Profilaxia pré-exposição (PrEP) é uma forma eficaz de prevenção de infecção pelo vírus HIV, mas que é altamente dependente de adesão. Atualmente, as opções consistem em regimes orais diários ou sob demanda, mas outras opções estão em investigação, que podem sobrepujar algumas das dificuldades encontradas. A seguir alguns resultados divulgados na Conference on Retoviruses and Opportunistic Infections (CROI) 2021.

Confira resultados divulgados na Conference on Retoviruses and Opportunistic Infections (CROI) 2021 sobre as opções de PrEP para HIV.

As opções de PrEP para HIV

Anel vaginal de dapivirina

Dapivirina é um inibidor da transcriptase reversa, não-análogo, de nucleosídeo de longa duração, que vem sendo estudado como agente profilático sob a forma de anel vaginal. Com troca mensal, o anel vaginal com dapivirina mostrou redução de 27% a 31% na aquisição de infecção pelo HIV, quando comparado com placebo, em estudos iniciais na África. Em estudos de efetividade, esse número subiu para 50%, levando à aprovação do anel vaginal com dapivirina como segunda linha de PrEP, como alternativa à PrEP oral diária.

Cabotegravir de longa duração e PrEP injetável

Cabotegravir é um inibidor de integrasse, que possui tanto formulação oral quanto intramuscular. Resultados de dois estudos – HPTN 083 e HPTN 084 – mostraram superioridade em relação ao esquema diário de PrEP com TDF/FTC, quando usado na forma de injeções IM a cada oito semanas.

Islatravir

Um novo antirretroviral está em investigação para uso profilático. O islatravir é um inibidor da transcriptase reversa, análogo de nucleosídeo com ação antiviral por múltiplos mecanismos, o que confere alta potência, ação contra linhagens resistentes e alta barreira genética. Além disso, apresenta meia vida longa, podendo chegar a 190h.

Estudos de PK in vitro mostraram que, mesmo concentrações séricas muito baixas possuem eficácia antiviral eficaz, o que poderia ser obtido com doses mensais orais de 60mg. Análise interina de estudos de PK revelaram uma distribuição rápida, adequada e sustentada de islatravir após essa dose, o que apoia sua utilização em ensaios clínicos em andamento.

Outra potencialidade do islatravir é a possibilidade de administração por meio de implantes subdérmicos. Estudos iniciais de PK e de segurança avaliaram diferentes dosagens em indivíduos HIV-1 negativos e de baixo risco para infecção que usaram o implante por doze semanas, sendo acompanhados nas oito semanas seguintes.

Para todas as doses, os implantes foram bem tolerados, sem relato de eventos adversos graves e com predomínio de eventos locais. Não houve relação da dose com a frequência ou intensidade dos eventos adversos. A análise de PK mostrou que uma dose de 56mg gera concentrações séricas semelhantes às obtidas com 62mg e que sua meia vida é comparável à obtida com dose mensal oral de 60mg.

Lenacapavir

Trata-se de um inibidor de capsídeo do HIV-1, com potencial para uso IM a cada seis meses. Estudos iniciais mostraram sucesso na redução de carga viral em indivíduos infectados com vírus de linhagens resistentes. Um estudo de fase III está programado para avaliar a eficácia e a segurança de lenacapravir e de TAF como opção de PrEP em mulheres e meninas.

Mensagens práticas sobre PrEP para HIV

– PrEP é um método eficaz para prevenção contra infecção pelo HIV, mas a necessidade de uso de medicação oral diariamente pode ser uma barreira para adesão adequada.

– Antirretroviriais de longa duração estão sendo avaliados como alternativas para PrEP. A existência de múltiplas opções é importante para aumentar adesão, acesso e efetividade da PrEP.

Confira outros destaques do CROI 2021:

Autora:

 

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar