Página Principal > Cardiologia > TOP 10: os artigos de outubro que você não pode deixar de ler
noticias medicas

TOP 10: os artigos de outubro que você não pode deixar de ler

Tempo de leitura: 3 minutos.

Manter-se atualizado não é fácil para o médico frente a quantidade de informações que são liberadas no mundo da saúde e da medicina. Para te ajudar nessa, o Portal da PEBMED publica diariamente as principais novidades que você não pode deixar de saber. Perdeu alguma notícia de outubro? Então, veja abaixo as 10 publicações mais acessadas e compartilhadas do nosso site no último mês!

1. Escala de Coma de Glasgow: confira o que mudou a partir do ATLS 10

A Escala de Coma de Glasgow até hoje é usada como medida clínica objetiva da gravidade da lesão cerebral em pacientes, incluindo os politraumatizados. Nesse artigo, vamos falar sobre as principais mudanças que ocorreram no uso da escala a partir da publicação do novo ATLS 10. Clique aqui e fique por dentro!

2. Hiperparatireoidismo primário: o que é, como diagnosticar e tratar

O hiperparatireoidismo primário, causa mais comum de hipercalcemia, é mais frequentemente identificado em mulheres na pós-menopausa. Atualmente, três fenótipos clínicos distintos são reconhecidos de acordo com evolução, envolvimento de órgãos-alvo, história natural e manejo. Veja aqui um resumo com os principais tópicos sobre o assunto, apresentados em dois importantes artigos de revisão publicados recentemente.

3. Amicacina é aprovada para tratamento da doença pulmonar grave

A Food and Drug Administration (FDA) aprovou um novo medicamento, Arikayce (suspensão inalatória de amicacina lipossomal), para o tratamento de doenças pulmonares causadas por um grupo de bactérias, o Mycobacterium avium complex (MAC). O uso só está indicado quando os pacientes são refratários, ou seja, que não respondem ao tratamento convencional. Clique aqui e saiba mais.

4. Hipotireoidismo subclínico: vale a pena tratar?

O hipotireoidismo subclínico é definido como uma elevação da tireotropina sérica (TSH) e concentrações de hormônios tireoidianos dentro da faixa de referência e, na maioria das vezes, é assintomático. Vale a pena tratar essa condição? Um nova meta-análise, publicado em outubro no Journal of the American Medical Association (JAMA), avaliou mais de 20 ensaios clínicos para responder essa questão. Clique aqui e confirma os resultados.

5. Dia do Médico: como a tecnologia auxilia a profissão e salva vidas

Com avanço tecnológico, os médicos têm em mãos diversas ferramentas que auxiliam e facilitam a profissão. Com a tecnologia, os diagnósticos são mais rápidos, precisos e melhores se comparados há 50 anos, por exemplo. Hoje a tecnologia é essencial para a medicina. Por sua vez, o fluxo de informação nesta nova realidade sofre constantes renovações. Veja aqui o mini documentário sobre o tema, que a PEBMED preparou para o Dia do Médico.

6. Doença arterial coronariana: app ajuda na adesão ao tratamento

Pacientes que sofrem com alguma cardiopatia, como doença arterial coronariana, por vezes passam por um tratamento extenso e precisam tomar medicação constantemente. No entanto, com o decorrer do tempo a aderência aos fármacos pode começar a diminuir, seja pela aparente melhora no quadro clínico ou por falta de memória do indivíduo em seguir o cronograma corretamente. Seria um app de celular capaz de melhorar a adesão ao tratamento? Clique aqui e descubra!

7. Novo antibiótico para pneumonia adquirida na comunidade é aprovado

Recentemente, publicamos uma revisão atualizada sobre a abordagem de  uma das doenças infecciosas mais comuns na emergência: a pneumonia bacteriana adquirida na comunidade (PAC). Hoje, traremos uma novidade sobre o tema: a Food and Drugs Adminsitration (FDA) aprovou a omadacycline para tratamento de adultos com pneumonia bacteriana adquirida na comunidade e infecções agudas de pele. Clique aqui e saiba mais!

8. Enurese infantil: saiba como lidar e qual melhor tratamento

O mês de outubro é conhecido popularmente como “mês das crianças”. Por isso, optamos por abordar um tema comum em algumas crianças, a enurese. Trata-se de um transtorno de eliminação com relativa prevalência e, sendo assim, o objetivo é atualizar e guiar os profissionais que frequentemente atendem à população pediátrica e se deparam com esta questão. Veja tudo sobre o tema nesse link.

9. Estudo compara risco cardiovascular do diclofenaco e outros anti-inflamatórios

O risco cardiovascular do uso de anti-inflamatório não-esteroide (AINE) é uma preocupação importante entre os profissionais de saúde. Um novo artigo do British Medical Journal, publicado em setembro, examinou os riscos de iniciar diclofenaco – um dos AINE mais utilizados – com outros anti-inflamatórios similares, como o paracetamol e o ibuprofeno. Clique aqui e saiba os resultados.

10. Transtorno bipolar: coenzima Q10 é eficaz no controle dos sintomas

O transtorno bipolar é caracterizado pela alteração do humor, indo da euforia à depressão extremas. O paciente com o distúrbio pode permanecer no estágio maníaco ou depressivo durante semanas e depois mudar repentinamente para o extremo oposto. Seria a coenzima Q10 eficaz no controle dos sintomas? Veja aqui os resultados desse estudo.

Tenha sempre condutas atualizadas na sua mão! Baixe gratuitamente o Whitebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.