Página Principal > CBMI 2018 > CBMI 2018: veja como evitar infecção relacionada ao cateter para DVE
CBMI 2018

CBMI 2018: veja como evitar infecção relacionada ao cateter para DVE

Tempo de leitura: 2 minutos.

A infecção relacionada à derivação ventricular externa (DVE) foi um dos temas apresentados no CBMI 2018. A palestra referente ao assunto foi ministrada na última quinta-feira (29 de novembro) pela Dra. Viviane Cordeiro Veiga, médica coordenadora da UTI neurológica do hospital da Beneficência Portuguesa, mestre e doutora pela Unicamp, e presidente do comitê de neurointensivismo da AMIB.

A taxa de infecção pode variar de 0 a 32%, mais comumente abaixo de 10%. Foi sugerida apenas uma dose profilática antes da inserção do cateter. Não há evidência suficiente para escolha do antibiótico específico a ser realizado antes do procedimento, que deve ser feito, de preferência, utilizando-se de dados de antibiogramas locais. Não é recomendável trocar o local do cateter de rotina, observando a permanência pelo menor tempo possível.

Leia mais: Novo cateter percutâneo auxilia no tratamento de pacientes dialíticos

A associação de vancomicina a algum betalactâmico com atividade antipseudomonas (cefepime, ceftazidima, metopenem) é recomendada para tratamento de ventriculite/meningite relacionada à DVE.

Deve-se tratar tal infecção por 10 a 14 dias, alguns especialistas sugerem que a infecção por gram-negativo seja tratada por 21 dias. Atentar para o diagnóstico precoce e remover cateteres na suspeita de infecção.

Confira mais publicações sobre a CBMI 2018:

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Diego Blanco

Residência Médica em Infectologia pelo Hospital Heliópolis ⦁ Pós-graduação em Medicina Intensiva pelo Hospital Sírio-Libanês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.