Página Principal > Cardiologia > Evento científico no Rio aborda principais práticas em cardiologia
cardiologia

Evento científico no Rio aborda principais práticas em cardiologia

Tempo de leitura: 3 minutos.

Nos próximos dias 16 e 17 de agosto de 2019, a PEBMED irá participar do II Simpósio de Cardiologia da Rede D’or São Luiz (RDSL), no Hotel Windsor (Barra da Tijuca, Rio de Janeiro). O evento, que irá receber convidados internacionais, abordará diversos temas.

Simpósio de Cardiologia

Anticoagulação em situações de emergência

O uso dos DOAC (ou NOAC) tem se expandido, e a cardiologia é uma das áreas com maior prescrição, por conta dos pacientes com fibrilação atrial. Diretrizes recentes, como da AHA e da Chest, ratificaram os DOAC como primeira escolha na anticoagulação oral dos pacientes com FA, e propuseram um guia para escolher qual droga para qual doente. Contudo, até bem pouco tempo atrás, não havia antídotos para os DOAC em caso de sangramento fatal. Felizmente nos últimos meses dois reversores chegaram ao mercado. O primeiro, já disponível no Brasil, é o idarucizumab, para dabigatrana, e o segundo, andexanet, para as drogas anti-Xa, ainda está para ser aprovado na Anvisa.

Protocolo de dor torácica

As síndromes coronarianas agudas são uma das principais causas de atendimento na emergência. É fundamental que o paciente seja rapidamente triado e realizado um ECG para identificação dos casos com supradesnível do segmento ST. Além disso, nos pacientes sem supraST, a estratificação de risco é necessária para determinar aqueles elegíveis para estratégia invasiva precoce. O protocolo da RDSL está alinhado com as principais diretrizes e será ministrado como “minicurso” na sexta e sábado do evento. Além disso, haverá palestras sobre antiagregação plaquetária, uso do FFR e outros achados hemodinâmicos funcionais e estratégias de revascularização no coronariopata.

Arritmias cardíacas: protocolo de síncope e fibrilação atrial

Assim como na dor torácica, haverá cursos para apresentação do atendimento sistematizado e gerenciado em:

  • Síncope, com foco na triagem do paciente de alto risco para morte súbita.
  • Fibrilação atrial, indicando quais pacientes são candidatos a estratégia de reversão de ritmo, como realizá-la e quem deve ser anticoagulado.

Outras palestras irão abordar o manejo dos pacientes com FA assintomática e subclínica, o uso de monitor de eventos implantável e a oclusão do apêndice atrial nos pacientes com contraindicação para anticoagulação oral.

Insuficiência Cardíaca

Os principais temas serão o uso de dispositivos mecânicos e circulatórios no tratamento da IC avançada, indicações de transplante e apresentação do protocolo de Insuficiência cardíaca, focado na identificação do perfil hemodinâmico (frio x quente e seco x úmido) e no suporte circulatório, em linha com as diretrizes brasileiras mais recentes.

Doença Valvar

O grande foco das doenças valvares é o tratamento de pacientes de alto risco com próteses de inserção percutânea: TAVI e Mitraclip. Hoje, a TAVI está em estágio mais avançado, já com indicações de ser a primeira linha nos pacientes de alto risco cirúrgico, e uma opção segura e eficaz mesmo naqueles de baixo risco!

Então, se você quiser ficar por dentro de todas essas novidades, clica nos nossos links, acompanhe as matérias do Portal PEBMED e compareça no evento. Clique aqui e garanta o seu lugar. Te vejo lá!

Autor:

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.