Página Principal > Residência Médica > Urologia: a subespecialidade médica com a área de atuação mais ampla
urologista em consulta com paciente

Urologia: a subespecialidade médica com a área de atuação mais ampla

Dando sequência a nossa série de artigos sobre Residência e as especialidades médicas, hoje é dia de falar sobre a Urologia com o Dr. Werner Teixeira.

1) O que é?

A Urologia é uma subespecialidade cirúrgica, na qual o médico está apto a tratar as doenças clínicas ou cirúrgicas de todo o trato urinário. Além disso, também faz parte do tratamento do urologista toda a parte de Andrologia (saúde do homem), disfunções eréteis, síndrome de falência hormonal, etc.

Essa é uma especialidade bastante eclética e o profissional tem diversos caminhos para escolher. Por exemplo, se o médico não tem interesse na área cirúrgica, ele pode atuar apenas em consultório. Já como cirurgião, o profissional deve ser bastante treinado, perseverante, detalhista e com bastante foco. Paciência também é muito importante na Urologia.

2) Como é o dia a dia?

O dia a dia do urologista é muito corrido, a começar pela Residência, que tem uma rotina bastante puxada com plantões, ambulatório, urodinâmica, afazeres na enfermaria, emergências, etc.

O dia a dia do profissional normalmente é o consultório, onde ele consegue seus pacientes cirúrgicos. Eventualmente, o urologista também pode dar plantões, seja presencial (normalmente em hospitais públicos onde as equipes são completas) ou de sobreaviso (normalmente na rede particular).

3) Oportunidades de trabalho:

As oportunidades de trabalho são inúmeras. Dentro da Urologia, o profissional pode atuar em diversos segmentos como:

  • Andrologia: com questões de disfunções eréteis, colocações de próteses, etc;
  • Uroginecologia: relacionado às incontinências urinárias na mulher, os prolapsos, distopias uterinas, etc;
  • Urologia pediátrica
  • Endourologia

Como vocês podem ver, a atuação é bastante ampla, mas todas vão focar mesmo em consultório, e dentro do consultório, o profissional pode trabalhar com o que acha melhor e mais pertinente para ele.

4) Número de especialistas:

No momento, temos aproximadamente 4.800 urologistas registrados pela Sociedade Brasileira de Urologia.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

5) Curiosidade(s):

– Inicialmente, a vasectomia não tinha nada a ver com esterilização. O objetivo da cirurgia era aliviar os sintomas urinários de pacientes com hiperplasia prostática.

6) Especialidades correlacionadas:

São inúmeras as especialidades correlacionadas, mas temos principalmente a Ginecologia, Endocrinologia, Psicologia (principalmente para quem trabalha com Andrologia) e a Proctologia.

7) Área de atuação:

Como mencionado anteriormente, a área de atuação do urologista é muito ampla e inclui Andrologia, Uroginecologia, Urologia Pediátrica e Endourologia.

8) Mensagem para quem quer seguir essa especialidade:

O estudante que deseja seguir essa especialidade vai gostar muito, pois a Urologia é uma área bastante diversificada. Você tem cirurgias de todos os tipos como cirurgias abertas, laparoscópicas, robóticas (que está cada vez mais difundida). Então, para quem tem interesse em uma especialidade cirúrgica, terá muitas opções para aproveitar durante a sua caminhada.

E para quem se interessa mais pela parte de consultório, a Urologia também é uma boa opção. Essa é uma especialidade bastante completa, que supre todas as demandas de quem a está cursando. Normalmente, o urologista consegue se encaixar em uma área que ele goste mais. Vale a pena fazer!

*Os artigos sobre as especialidades médicas foram produzidos em parceria com a Associação Nacional de Médicos Residentes

Autor:

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.