Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Colunistas / Infectologia em 2020: a retrospectiva mais marcante do ano
infectologia

Infectologia em 2020: a retrospectiva mais marcante do ano

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

A pandemia da Covid-19 marcou o ano de 2020, dominando a maior parte dos meses e com indicações importantes que valerão também em 2021. Na área da infectologia, muitos trabalhos foram publicados em relação às formas de transmissão, diagnóstico, complicações e tratamento.

Enquanto o conhecimento continua evoluindo, confira as principais descobertas até o momento para iniciar o novo ano atualizado.

Covid-19: características clínicas

Ao longo do ano, as principais características clínicas da Covid-19 foram sendo elucidadas com maior precisão, assim como fatores de risco para doenças graves e possíveis complicações. Destaca-se a percepção cada vez maior de efeitos persistentes da doença, exigindo acompanhamento prolongado dos pacientes mesmo após recuperação da infecção aguda.

Abaixo você pode conferir os principais conteúdos do ano sobre as características clínicas da infecção por SARS-CoV-2:

 – Fatores de risco para doença grave

Fatores de risco para retorno à emergência em casos leves

Sinais e sintomas pós-Covid-19

Fadiga como sintoma persistente

Covid-19: tratamentos

Algumas das maiores polêmicas do ano envolveram a eficácia de possíveis tratamentos para Covid-19. Enquanto alguns candidatos, como a hidroxicloroquina e lopinavir/ritonavir não mostraram eficácia em vários estudos, outros como corticoides demonstraram benefício em populações específicas.

Atualmente, dexametasona na dose de 6mg, IV ou VO, por 10 dias em pacientes com necessidade de oxigenoterapia suplementar é o único tratamento específico recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O antiviral remdesivir foi aprovado nos EUA de forma emergencial para tratamento, mas a análise mais recente do estudo SOLIDARITY não encontrou benefício com seu uso.

Veja outros artigos sobre os candidatos a tratamento para Covid-19:

Atualização do guideline do NIH para o tratamento de Covid-19

Cloroquina, lopinavir/ritonavir, remdesivir e interferon não mostraram benefício segundo resultados do SOLIDARITY

Corticoterapia na Covid-19

Doses usuais de ivermectina ineficazes para tratamento de Covid-19

Nitazoxanida não demonstrou alteração de desfecho em casos leves de Covid-19

Covid-19: vacinas

Uma vez que o arsenal terapêutico contra a Covid-19 se mostra ainda muito limitado, o desenvolvimento de uma ou mais vacinas torna-se uma das grandes esperanças para 2021. Confira algumas das principais reportagens sobre as vacinas atualmente em pesquisa:

Como funcionam os testes com vacina

Como funcionam algumas das vacinas testadas no Brasil

BCG como vacina protetora para Covid-19

Os longos passos na corrida vacinal contra a Covid-19

Além da Covid-19

Em um ano tão difícil, é importante também relembrar as notícias e descobertas boas de 2020 na área de infectologia. Se você está cansado da Covid-19, confira alguns artigos para dar esperança para 2021:

OMS declara que a África está livre do vírus da poliomielite

Terapia injetável de longa duração para HIV tem resultados promissores

PrEP injetável é altamente eficaz

Vírus do HIV eliminado de paciente brasileiro em estudo

 

Gostou? Confira nossas retrospectivas 2020:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.