Página Principal > Colunistas > Mastologia: a união do consultório com o centro cirúrgico
médico examinando os resultados da mamografia

Mastologia: a união do consultório com o centro cirúrgico

Hoje é dia de falar sobre Mastologia com a Dra. Bianca Kurtz Fontoura na nossa série de artigos sobre Residência e as especialidades médicas.

1) O que é?

Mastologia é a especialidade responsável por estudar as glândulas mamárias, cuja função é de prevenir, diagnosticar e tratar doenças benignas e malignas da mama. Para se tornar mastologista você pode seguir dois caminhos: após a graduação, realizar especialização em Ginecologia e Obstetrícia ou Cirurgia Geral (programa de Residência ou Pós graduação com estrutura equivalente à Residência), para depois realizar a especialização em Mastologia. Após o término realizar a prova de título de especialista, não obrigatória.

2) Como é o dia a dia?

Mastologia é uma especialidade clínica e cirúrgica. A abordagem clínica e acompanhamento ambulatorial dos pacientes são muito importantes e preenchem boa parte do seu cotidiano, lidando com doenças benignas e malignas. Além do conhecimento técnico das glândulas mamárias também é necessário conhecimentos oncológicos de quimioterapia, hormonioterapia, radioterapia, entre outras opções de tratamento para câncer de mama e conhecimentos de biologia molecular relacionados às doenças mamárias. Normalmente, o ginecologista a partir dos exames de rotina, seja de imagem ou no próprio exame físico, ao encontrar alterações mamárias, encaminha o paciente ao mastologista.

3) Oportunidades de trabalho:

O mastologista possui atuação ambulatorial e cirúrgica em Hospitais Universitários e/ou públicos ou no consultório particular como autônomo sendo cirurgião principal de sua equipe ou auxiliando outras equipes. Em hospitais públicos, pode ser contratado para realizar acompanhamento ambulatorial e cirúrgico a serviço do hospital ou se dedicar à docência.

4) Número de especialistas:

Atualmente temos 1.800 mastologistas registrados na Sociedade Brasileira de Mastologia.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

5) Curiosidades:

– A padroeira da Mastologia e protetora das enfermidades nas mamas é Santa Ágatha, seu dia de comemoração é no dia 05 de fevereiro. A mesma teve sua mama retirada em tortura.
– Em janeiro de 1978 o conselho científico da Associação Médica Brasileira aceitou o pedido de reconhecimento da especialidade.

6) Especialidades correlacionadas:

A Mastologia abrange uma vasta área de especialidades devido o tratamento de doenças sistêmicas como o câncer de mama. São elas:

  • Oncologia
  • Radioterapia
  • Radiologia
  • Ginecologia
  • Cirurgia Geral
  • Cirurgia Plástica
  • Geneticista
  • Fisioterapia
  • Endocrinologia

7) Área de atuação:

Além da atuação em Hospitais Universitários/Públicos e no consultório como autônomo, existe a possibilidade de se especializar em Radiologia Mamária.

8) Mensagem para quem quer seguir essa especialidade:

Essa especialidade possui uma vasta gama de opções e permite unir o consultório com centro cirúrgico, para aqueles que não desejam ficar apenas em centro cirúrgico. Está em constante atualização por ter muito investimento com pesquisas científicas, sempre buscando o melhor para o paciente.

*Os artigos sobre as especialidades médicas foram produzidos em parceria com a Associação Nacional de Médicos Residentes

Veja as outras especialidades que já falamos por aqui!

Autora:

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.